AnaMaria

Day McCarthy será julgada por injúria racial mesmo sem responder processo

Socialite estaria fugindo da situação

Da Redação Publicado em 27/05/2020, às 10h18 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank processam Day McCarthy - Instagram/@gioewbank
Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank processam Day McCarthy - Instagram/@gioewbank

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank pedem R$180 mil de indenização por danos morais e injúrias raciais contra a filha do casal, Titi, de sete anos, a socialite Day McCarthy.

O casal prestou a queixa em novembro de 2017, após Day publicar uma série de ofensas contra a garota, chamando-a até mesmo de 'macaca'.

Na esfera criminal, ela foi indiciada por injúria racial e o caso está parado desde que foi encaminhado ao Ministério Público. Já na esfera cível, ele prossegue em andamento.

No entanto, mesmo com o longo tempo desde a manifestação dos atores, não foi encontrado um endereço fixo da socialite, que também não se apresentou à Justiça. Portanto, ficou entendido que ela estaria fugindo para não responder o processo.

O juiz Leonardo Ferreira Chaves, da 32ª Vara Cível determinou que o processo terá andamento mesmo sem a ré. Day será julgada e a indenização prevista é de R$60 mil para cada um dos autores, Bruno, Giovanna e Titi.