AnaMaria
Últimas Notícias / Especial Dia das Crianças

Dia das Crianças: 8 famosos que começaram a carreira cedo e ainda são sucesso

Atores, apresentadores e cantores: eles sempre tiveram talento!

Ives Ferro Publicado em 12/10/2020, às 11h00

Em 1972, Gloria Pires teve seu primeiro papel em ‘Selva Pedra' - Globo/Divulgação
Em 1972, Gloria Pires teve seu primeiro papel em ‘Selva Pedra' - Globo/Divulgação

O Dia das Crianças é celebrado nesta segunda-feira (12), mas além das brincadeiras, sabia que vários artistas de grande sucesso começaram suas carreiras muito cedo, quando ainda eram crianças?

Passando por comerciais de TV, programas de auditório, cinema e novelas, AnaMaria Digital selecionou 8 artistas pioneiros quando o assunto é trabalho (mas sempre com a permissão dos pais e sem forçar a barra). Confira!

ANGÉLICA

(Fotos:Globo)

Ela tonrou-se conhecida após ganhar o concurso Criança Mais Bonita do Brasil, do antigo programa do Chacrinha, em 1979. Depois, começou como apresentadora aos 13 anos na Rede Manchete, no ‘Nave da Fantasia’, e até substituiu Xuxa no ‘Clube da Criança’. Nos anos seguintes, comandou programas infantis de sucesso no SBT até se consolidar na Globo em 1996 com o ‘Angel Mix’.

Além disso, a loira já fez diversas participações em novelas da emissora, e até estrelou o filme ‘Um Show de Verão’, onde conheceu seu marido, Luciano Huck. Hoje, Angélica tem três filhos com o também apresentador e estreou seu 17º programa, o ‘Simples Assim’, no último sábado (10).

RODRIGO FARO

(Fotos:Instagram)

O apresentador começou sua carreira aos 9 anos, em 1982, ao participar de um comercial de leite. Aos 14, foi um dos apresentadores do programa infantil ‘ZYB Bom’ na TV Bandeirantes, e com 19 anos integrou o grupo musical Dominó. Quase dez anos depois, começou a carreira de ator em ‘Antônio Alves, Taxista’, no SBT, e nos anos seguintes foi contratado da Globo até o início de 2008.

Depois, Faro seguiu no ramo da atuação na Record TV e já engatou, no mesmo ano, como apresentador do reality ‘Ídolos’. Não demorou muito para ganhar seu próprio programa, o ‘Melhor do Brasil’. Aos 43, ele segue no ‘Hora do Faro’ desde 2014 e estará à frente do ‘Canta Comigo Teen’, na mesma emissora, em 2020.

MARINA RUY BARBOSA

(Fotos:Globo/Instagram)

A ruiva estreou nas novelas em ‘Sabor da Paixão’ (2002) aos 7 anos. Em 2004, ela viveu Aninha em ‘Começar de Novo’ e uma princesa no filme ‘Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida’. Barbosa também atuou em ‘Belíssima’, aos 10 anos, e roubou a cena nas sequências com Fernanda Montenegro, sua avó na trama.

Casou-se em 2016 e hoje, aos 25, já fez mais de 10 novelas na Globo. Marina decidiu se afastar das telinhas em 2018, após o fim de ‘O Sétimo Guardião’, e anunciou que pretende descansar a imagem até receber um trabalho “que a faça pulsar”.

MAISA SILVA

(Fotos:SBT/Instagram)

O talento da jovem foi descoberto em 2005, quando ela tinha apenas 3 anos, no ‘Programa Raul Gil’, na Record TV. Dois anos depois, fechou contrato com o SBT para comandar os programas infantis ‘Bom Dia e Cia’ e ‘Sábado Animado’, no qual apresentava desenhos e atendia telefonemas para fazer jogos com os telespectadores. Em 2008, começou a participar do ‘Programa Silvio Santos’ no quadro ‘Pergunte à Maisa’.

A artista deixou os auditórios para iniciar a carreira de atriz em 2011 no remake da novela ‘Carrossel’, que até rendeu um filme em 2015. Ela ainda fez outras novelas infantis como ‘Chiquititas’ e ‘Carinha de Anjo’. Aos 18, fica no comando do ‘Programa da Maisa’ até este mês, após anunciar sua saída do SBT para se dedicar a projetos pessoais.

BRUNA MARQUEZINE

(Fotos:Instagram)

A morena apareceu pela primeira vez na TV em 2000 como entrevistadora do programa ‘Gente Inocente’. Depois, fez um comercial da Polícia Militar de São Paulo para prevenção do suicídio e chamou atenção do dramaturgo Manoel Carlos. Com isso, ganhou o papel da pequena Salete em ‘Mulheres Apaixonadas’ (2003), sua estreia como atriz aos 7 anos.

Depois do sucesso, Marquezine engatou várias novelas uma atrás da outra até chegar no seu primeiro papel adulto em ‘Salve Jorge’ (2012). Ela pensou em desistir da carreira por conta da objetificação de seu corpo, mas teve apoio de artistas e seguiu em frente. Seu último papel na TV foi como a vilã Catarina em ‘Deus Salve o Rei’ (2018). Desde então, fez uma pausa na carreira de atriz e agora atua como modelo e influenciadora.

SANDY & JUNIOR

(Fotos:Globo)

A história da dupla de irmãos começou em 1989, quando eles se apresentaram no programa ‘Som Brasil’, na Globo. Os dois performaram a canção ‘Maria Chiquinha’ e o áudio repercutiu tanto que foi retirado das gravações para estações de rádio. Noely Pereira e Xororó, da dupla com Chitãozinho, eram contra a carreira artística precoce dos filhos no início. Após o sucesso no programa, Sandy e Junior fecharam contrato, ainda crianças, com a gravadora PolyGram (hoje Universal Music). 

O primeiro álbum vendeu 300 mil cópias, e os dois logo conseguiram seu primeiro disco de ouro. Ao longo de 17 anos, gravaram outros CDs, participaram de filmes e até estrelaram uma novela (‘Estrela-Guia’, de 2001). Em 2008, anunciaram a separação da dupla, mas em 2019 voltaram com a turnê ‘Nossa História’, em comemoração aos 30 anos da apresentação de 1989.

GLORIA PIRES

(Fotos:Globo)

Muitos não sabem, mas a veterana das novelas também começou bem cedo: aos 5 anos, quando estrelou a abertura do folhetim ‘A Pequena Órfã’ (1968), da TV Excelsior. E aos 9, em 1972, teve seu primeiro papel em ‘Selva Pedra’. Mas sua carreira despontou mesmo em ‘Dancing Days’, quando ela tinha 15 anos.

Pires continuou a se destacar em papéis importantes da TV, e teve mais reconhecimento quando fez a vilã Maria de Fátima, em ‘Vale Tudo’ (1988). Com mais de 50 anos na trilha de atriz, seu último trabalho foi ano passado em ‘Éramos Seis’. Ela ainda foi escalada para ser mãe da personagem de Letícia Colin, uma garota cega, na próxima novela das 21h da Globo prevista para 2021.

CARLA DIAZ

(Fotos:Arquivo Pessoal/Instagram)

A atriz ficou famosa após participar de uma propaganda, quando era bem pequena. Mas foi a primeira versão de ‘Éramos Seis’ (1994) que marcou sua estreia como atriz, no SBT. Na emissora, ela atuou ainda em ‘Colégio Brasil’ (96) e ‘Chiquititas’ (97). Na novela infantil, a atriz chamou a atenção da Globo e foi convidada para atuar em ‘Laços de Família’ (2000), no ar no Vale a Pena Ver de Novo. Em ‘O Clone’ (2001), ela viveu Khadija. 

Diaz deixou a Globo em 2008 para um papel em ‘Os Mutantes’, na Record. Ela só voltou à emissora em 2017, quando viveu a periguete Carine, amante de Rubinho (Emílio Dantas) em ‘A Força do Querer’. Depois, fez ‘Espelho da Vida’. A loira ainda interpretou a criminosa Suzane Von Richthofen, que orquestrou a morte dos pais em 2002, no filme ‘A Menina Que Matou Os Pais’, sem data de estreia por conta da pandemia.