Dia Internacional da Mulher: Entenda a origem de 5 frases consideradas machistas

Confira 5 frases que reforçam o machismo e nem percebemos

Da Redação Publicado domingo 8 março, 2020

Confira 5 frases que reforçam o machismo e nem percebemos
Entenda porque estas 6 frases são consideradas machistas - Getty Images

O Dia Internacional da Mulher é celebrado neste domingo, 8 de março. Apesar da data comumente ser comemorada com flores e elogios, é preciso entender que, por trás disso, existe uma luta muito maior, principalmente por igualdade de gênero.

Aproveitando a data especial, AnaMaria Digital separou seis frases que reforçam os estereótipos machistas no dia a dia e que, muitas vezes, passam despercebidas pela maioria das pessoas.

Entenda!

1- "O que ela quis dizer é..."

Frases como esta geralmente ocorrem em contexto de interrupções nas falas das mulheres, que são provocadas com frequência por homens. 

Um exemplo concreto disso aconteceu durante as eleições dos Estados Unidos, em 2016. Na campanha presidencial, foi contabilizado que Donald Trump interrompeu sua concorrente, Hillary Clinton, 51 vezes.

Uma pesquisa feita em 2014, por Adrienne B. Hannock, na Universidade de George Washington, nos Estados Unidos, também revelou alguns dados pertinentes: foi comprovado que as pessoas do gênero feminino são 2,1 vezes mais silenciadas do que homens em conversas neutras, que normalmente duram até três minutos.

2- "Mal-amada"

Apesar desta expressão soar e ser usada no tom humorístico, ela vai muito além de sua aparência.

A palavra está definida no ‘Dicionário Michaelis’ online como: “Indivíduo que não se realiza na vida amorosa”.

Partindo desse pressuposto, é possível deduzir que aquela que é classificada com este adjetivo, é julgada por não conseguir encontrar uma pessoa para se envolver seriamente.

3 - "Chorou feito mulherzinha"

Este termo, que acaba sendo considerado pejorativo, é usado para criticar aquelas mulheres que são muito emotivas. No entanto, ele também é relacionado a homens que demonstram seus sentimentos e se permitem sentir fraqueza.

Ao contrário do pensamento da sociedade sobre essa frase, estudos mostram que aqueles que se permitem chorar são mais saudáveis, pois segurar tal ato leva a algumas consequências negativas.

Segundo um estudo feito pelo professor Ad Vingerhoets, publicado na revista americana, ‘Emotion’, em 2019, as pessoas que evitam o choro acabam não sabendo se expressar e podem acumular sentimentos negativos.

4 - "Só pode estar de TPM" ou "Você faz muito escândalo"

Essas são sentenças que acabam nomeando as figuras femininas de ‘histéricas’ e reforçam a ideia de que elas não podem ser autônomas.

Para se ter ideia, a palavra histérica surgiu em uma espécie de boletim médico em IV a.C. O termo, segundo registros, era usado para denominar uma doença que acometia apenas mulheres, a histeria.

O uso de tal sentença foi retirado do manual usado para classificar diagnósticos médicos. No entanto, hoje ainda é utilizado pela sociedade de forma pejorativa.

5 -  "Está de babá hoje?" 

Esta expressão vem de um conceito estabelecido no decorrer dos anos 30, onde a mulher trabalhava dentro de casa e cuidava dos filhos, sendo consideradas submissas aos homens.

Esta imagem de ‘mulher perfeita’ era compartilhada com as pessoas que viviam na época. Além disso, este ideal era mostrado também em revistas voltadas para o público feminino.

Mesmo com o passar de 20 anos, em 1950, esta classe, por mais que tinha a permissão para trabalhar fora de suas moradias, ainda tinha salário menor que o dos homens e sofria com as pressões da sociedade.

As mais jovens já podiam ir à escolas, entretanto, muitas ainda davam preferência para o casamento, que, constantemente, era planejado pela família.

Último acesso: 16 Jan 2021 - 23:16:05 (1101814).