AnaMaria
Últimas Notícias / período difícil

Dony De Nuccio fala sobre período turbulento na carreira: ''Um inferno''

Dony De Nuccio reflete sobre saída da Globo: ''Vida mudou para melhor''

Da Redação Publicado em 31/01/2020, às 16h45 - Atualizado às 16h47

O ex-âncora do 'Jornal Hoje' falou sobre o momento difícil na carreira - Instagram
O ex-âncora do 'Jornal Hoje' falou sobre o momento difícil na carreira - Instagram

Dony De Nuccio foi convidado a participar do programa ‘Pânico’, da rádio Jovem Pan, da última terça-feira (28). Durante o bate-papo, o jornalista fez uma reflexão sobre a sua saída da Globo, onde a emissora apontou que ele teria quebrado o Código de Ética e Conduta da empresa. 

“Tive minha vida hackeada, invadida, exposta. E acho que não tem cargo, salário ou emissora que justifique ter a sua vida transformada num inferno. Eu não precisava disso. Não fiz absolutamente nada de errado. Se alguém descobrir quem invadiu meus e-mails, me diga”, disse.

Após esse período turbulento ter passado, ele garante que está melhor agora. “Terei o prazer de mandar um vinho [a quem vazou os documentos] porque meu 2020 está muito melhor do que estaria caso eu estivesse lá. A vida mudou para muito melhor”, falou. 

Ao ser questionado se ele pensava em voltar para as telinhas, Dony foi direto: “Nunca disse nem pensei em sair definitivamente da TV. A internet complementa as atividades. E as outras emissoras são muito abertas nesse sentido, entendem a importância das redes sociais, da livre iniciativa, dessa pegada de empreendedora, estimulam até que você tenha outros projetos”, concluiu. 

DEMISSÃO
Vale lembrar que o próprio ex-âncora do ‘Jornal Hoje’ pediu demissão da emissora, após o vazamento dos dados. 

Na época, De Nuccio usou as redes sociais para falar sobre o caso: “Pedi demissão por vontade própria, ao ver minha vida e de minha família invadida, exposta e transformada injustamente em um inferno, com uma onda raivosa de ataques contínuos, lastreados em invasões criminosas de e-mails, arquivos e equipamentos pessoais, com a intenção única de tentar destruir uma reputação que dediquei mais de duas décadas para, honestamente e com muito trabalho, construir. Campanha, inclusive, capitaneada por esta coluna”, declarou.