AnaMaria
Últimas Notícias / Representação

Eduardo Costa afirma que as músicas atuais desvalorizam as mulheres

Eduardo Costa declara que deseja valorizar a figura feminina nas músicas

Da Redação Publicado em 24/01/2020, às 17h51 - Atualizado às 17h51

Eduardo Costa fala sobre representação feminina nas canções - Instagram: @eduardocosta
Eduardo Costa fala sobre representação feminina nas canções - Instagram: @eduardocosta

Eduardo Costa, que está lançando o seu mais recente DVD, concedeu uma entrevista exclusiva para o colunista do site UOL, Leo Dias, para falar a respeito de seu novo projeto. 

Durante a conversa, divulgada na tarde desta sexta-feira (24), o sertanejo contou que deseja trazer o romantismo de volta para as canções do seu gênero musical. 

"Acho que hoje em dia faltam músicas que falam de amor com romantismo. A mulher perdeu o valor nas músicas e quero  resgatar. Gosto de cantar canções do verdadeiro amor. Por exemplo, se não for você, não vai ser outra”, declarou. 

O cantor ressaltou que acredita que representar o amor verdadeiro nas canções é uma tarefa necessária nos dias de hoje. 

“Ela pode ser mais bonita, mais rica, mais inteligente, mas eu amo você, te escolhi e quero você. Não abro mão de te amar. Gosto de músicas que trazem essa mensagem. Acho que é isso que está faltando. Hoje em dia as músicas fazem com que as mulheres sejam descartáveis, do tipo, se não for você, tem outra”, explicou. 

Para finalizar, Eduardo disse que a valorização da figura feminina deve ocorrer dentro e fora da música. 

“A mulher tem que ser valorizada nas canções e em tudo na vida. Também não gosto de música de corno, do tipo que o homem toma chifre e quer a infiel de volta. Gosto das que os casais podem até brigar, mas que lutam para reconquistar o amor e ficarem juntos. A família é a coisa mais preciosa e importante da vida", destacou.