AnaMaria

Estilista francês Pierre Cardin morre, aos 98 anos, na França

Artista foi responsável pela popularização das peças unissex e por produzir figurinos como de ''A Bela e a Fera''

Da Redação Publicado em 29/12/2020, às 12h00 - Atualizado às 12h11

Morre aos 98 anos, estilista francês Pierre Cardin - Wikimedia Commons
Morre aos 98 anos, estilista francês Pierre Cardin - Wikimedia Commons

Pierre Cardin, estilista francês responsável por criar grande tendências da moda como as coleções exclusivamente masculinas e as peças unissex, morreu aos 98 anos. A notícia foi confirmada pela família, nesta terça-feira (29), à Agência France Presse, mas a causa não foi divulgada.

Vanguardista, Pierre trouxe muita inovação ao mundo da moda, o que permitiu que ele ficasse conhecido no mundo todo. A sede de sua empresa era na França, mas sua grife era bastante conhecida na Ásia e nos Estados Unidos.

Seu trabalho pode ser visto em grandes projetos, desde os figurinos do filme "A Bela e a Fera", de 1946, até o dos Beatles.

O estilista foi um dos responsáveis pela retomada da alta costura na França pós-guerra e ícone do "prêt-à-porter". Além da moda, ele tinha negócios de hotelaria, perfumaria e restaurantes, administrados por ele mesmo.

Outra novidade, que ele introduziu ao mundo das passarelas, foi criar uma ponte entre a moda europeia e a oriental. Primeiro, convidou, pela primeira vez, uma modelo japonesa para um de seus desfiles parisienses. 

BIOGRAFIA 

Cardin nasceu em 2 de julho de 1922, em Veneza, na itália, com o nome de Pietro. Fugindo do fascismo, seus pais se mudaram para França, quando ele tinha apenas dois anos; lá ele se naturalizou.

Aos 14 anos, começou a trabalhar como alfaiate na cidade de Saint-Etienne. Em 1950, fundou seu próprio ateliê, com um estilo diferente do que o mundo já tinha visto. Apostava no futurismo com formas esculturais, geométricas e abstratas. Inovou nos materiais também, com peças de vinil e pele falsas.

DICA DE FILME

No ano passado, no Festival de Veneza foi exibido um documentário sobre a vida do estilista, que conta sobre momentos importantes de sua trajetória com um retrato pessoal de Pierre. O nome do filme de  P. David Ebersole e Todd Hughes é "House of Cardin".