AnaMaria
Últimas Notícias / Tragédia

Ex-cantor mirim é esfaqueado em São Paulo e mãe desabafa

Kalil Taha, quando criança, fez sucesso em programas televisivos

Da Redação Publicado em 19/06/2019, às 11h03 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Kalil Taha foi assassinado pelo melhor amigo - Reprodução/Instagram
Kalil Taha foi assassinado pelo melhor amigo - Reprodução/Instagram

Após a tragédia que matou o ex-cantor mirim Kalil Taha, 26, sua mãe, Claudia, cedeu uma entrevista ao 'Balanço Geral', exibido na Record TV, na terça-feira (18), em que desabafou sobre a morte do filho. Kalil foi esfaqueado pelo melhor amigo. Ao todo foram 20 facadas que levaram o jovem a óbito. 

Claudia contou que seu filho e o assassino eram grandes amigos e frequentavam a igreja juntos. Ela ainda desabafou dizendo que nenhuma mãe está preparada para um situação dessas. 

"É muito triste ter que enterrar um filho. Ele foi levado de uma forma cruel, sanguinária. Não quero que a imagem do meu filho seja manchada", lamentou. 

Em boletim oficial, o 73º DP ressaltou que o crime pode ter sido premeditado, já que eles haviam combinado de se encontrar no mesmo dia da tragédia. 

De acordo com a polícia, o crime aconteceu dentro de um carro. O corpo foi colocado no porta malas do veículo. Ao notar o término da gasolina, o assassino se dirigiu até a delegacia e confessou o delito, revelando onde havia deixado o automóvel. O caso foi registrado como homicídio simples. 

Kalil Taha, morto no dia 30 de maio, fez sucesso quando criança e trabalhou ao lado de famosos como Moacyr Franco, que o projetou, Faustão, Xuxa, Eliana, Celso Portiolli e Raul Gil.