AnaMaria
Últimas Notícias / Polêmica

Ex-presidente do Grammy afirma que sofreu assédio sexual e dá motivo de sua demissão

Deborah Dugan é demitida do cargo de presidente e justifica afastamento do Grammy

Da Redação Publicado em 22/01/2020, às 18h36 - Atualizado às 18h36

Ex-presidente conta motivos da demissão - Instagram/ @deb_dugan
Ex-presidente conta motivos da demissão - Instagram/ @deb_dugan

A presidente do Grammy, Deborah Dugan, foi afastada do cargo faltando nove dias para o próximo evento acontecer, na última sexta-feira (17).

A profissional não ficou calada perante o ocorrido e decidiu preencher uma denúncia de discriminação na ‘Comissão de Igualdade de Oportunidades de Emprego’, e fez várias acusações contra a ‘Recording Academy’.

Entre elas, estavam inclusas denúncias de assédio sexual e de estupro, além de discriminações raciais e de gênero e fraudes nas indicações da premiação.

O documento conta com 46 páginas e foi obtido pelo site ‘Pitchfork’. Nele, a ex-comandante da celebração afirma que foi afastada por conta de um e-mail que enviou ao Departamento de Recursos Humanos, há um mês atrás.

Dugan usou o meio para revelar as denúncias, mas também descreveu um suposto episódio de assédio sexual com o advogado Joel Katz, que também faz parte da Academia.

Segundo ela, em 2019, recebeu um convite para um jantar com o homem mencionado anteriormente. Durante a refeição, ela afirmou que ele teve uma atitude “desconcertante e inteiramente inapropriada”, a chamando por apelidos e comentando sobre sua aparência.

Além disso, o bacharel também teria arriscado beijá-la e, depois do primeiro encontro, não houve mudanças em suas atitudes.

A Academia de Gravação se pronunciou e informou que Deborah Dugan foi forçada a sair de licença “à luz de preocupações ventiladas pelos membros do conselho diretor, inclusive uma alegação formal de má conduta feita por um membro da equipe da Academia de Gravação”.

Depois desse depoimento, não foram feitos mais comentários que envolviam o episódio.

Apesar do ocorrido, o espetáculo continuará como o planejado e acontecerá no próximo domingo (26).