AnaMaria

Fábio Assunção fala sobre sua luta contra os vícios: ''O medo me acompanha''

O ator detalhou a sua recuperação da dependência química

Da Redação Publicado em 17/07/2020, às 13h51 - Atualizado às 14h01

''Preciso ser firme e dizer não'', declarou o artista - Instagram
''Preciso ser firme e dizer não'', declarou o artista - Instagram

Fábio Assunção concedeu uma entrevista para a revista VEJA, divulgada nesta sexta-feira (17). Durante o bate-papo, o ator falou sobre a recuperação da dependência química. 

"Essa é uma questão que pauta a vida de qualquer pessoa que tem compulsão. O medo me acompanha sempre", disse o artista.

"Sei que não posso dar brechas e que há situações em que preciso ser firme e dizer não. Por exemplo: posso beber, mas tomei a decisão este ano de não ingerir nenhuma gota de álcool", continuou.

O ator enfatizou que sempre foi consciente sobre suas ações e que a busca por tratamento veio dele mesmo. Além disso, detalhou como foi o processo de acompanhamento profissional. 

"Isso é subjetivo, mas o meu passou por sessões de análise, acompanhamento com psiquiatra e temporadas em clínicas no Brasil e nos Estados Unidos. Todas as minhas internações foram voluntárias. Há doze anos passei quarenta dias em uma clínica no Arizona. Dois anos depois, fiquei quatro meses em outra em São Paulo. Sigo fazendo terapia até hoje", relembrou.