AnaMaria

Fábio Porchat comenta retorno para a Globo em entrevista com Bial

Apresentador Fábio Porchat fala sobre retorno para a Globo

Da Redação Publicado em 25/07/2019, às 10h04 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Fábio Porchat é entrevistado por Pedro Bial e fala sobre novo programa - Reprodução/Instagram
Fábio Porchat é entrevistado por Pedro Bial e fala sobre novo programa - Reprodução/Instagram

O apresentador Fábio Porchat está de volta para o grupo Globo. Após dois anos na Record TV, ele irá estrear o programa "Que História é Essa, Porchat?", no canal GNT.

O humorista deu alguns detalhes sobre a produção, que estará no ar a partir do dia 6 de agosto, durante uma entrevista para o jornalista Pedro Bial na última quarta-feira (24).

Segundo Porchat, a nova atração irá trazer muitas narrativas diferentes. “Eu adoro contar e ouvir histórias. No fundo, todo mundo tem uma história boa para contar e comecei a perceber que famosos e anônimos têm histórias ótimas, interessantíssimas".

INFÂNCIA DIFÍCIL 

Durante o papo, o apresentador também abriu o jogo sobre o que viveu no passado, quando sofria bullying na escola. Quando pequeno, Porchat era chamado de 'viadinho'. 

“Depois de adulto, eu entendi que ser chamado de gay não é problema porque não é problema de caráter. Quando chamam de ladrão, de safado, aí que é problema”, ressaltou o artista.

VIDA DE APRESENTADOR

Em relação à vivência como apresentador, Fábio revelou que muitas vezes esquecia o nome dos entrevistados no meio da entrevista. "Eu sabia quem era a pessoa, mas não o nome”, disse.

Antes de estrar na Record, onde permaneceu por dois anos com o 'Programa do Porchat', o humorista admitiu ter usado uma tática para mandar bem: procurou conselhos de grandes nomes da televisão. 

"Liguei para algumas pessoas. Falei com a Marília Gabriela, Luciano Huck, Jô Soares, Luciana Gimenez para entender como que era. Foi muito bacana porque todos me receberam muito bem", revelou.