AnaMaria
Últimas Notícias / Polêmica!

Felipe Neto resgata pergunta polêmica que Silvio Santos fez para uma criança

Felipe Neto compartilha vídeo de Silvio Santos fazendo pergunta indiscreta para criança

Da Redação Publicado em 06/10/2019, às 16h17 - Atualizado às 16h19

Silvio Santos se envolvem em mais uma polêmica - Reprodução/ SBT
Silvio Santos se envolvem em mais uma polêmica - Reprodução/ SBT

Silvio Santos teve seu nome envolvido em mais uma polêmica, após viralizar um vídeo de 2016 em que ele faz uma pergunta indiscreta para uma menina de 8 anos. 

Apesar de antigo, o vídeo ganhou atenção agora por causa de uma publicação feita pelo youtuber Felipe Neto por meio do Twitter, no último sábado (5). 

Na época, o dono do baú apresentava o quadro 'Levanta-te', uma competição de calouros em que crianças cantam com suas mães e concorrem a prêmios em dinheiro. 

Ao término da competição, o apresentador anunciou a dupla ganhadora do dia. Já para a outra dupla, formada por Soraya (mãe) e Deborah (filha), ele deu mil reais reais pela participação. 

“Vocês perderam, então vocês ganharam mil reais”, falou, enquanto contava as notas. “Ô Deborah, o que você acha melhor: sexo, poder ou dinheiro?”, perguntou, rindo da situação. Neste momento, todos ficaram perplexos, enquanto Silvio continuava dando risada. 

Felipe Neto fez a postagem na rede social criticando a atitude do dono do SBT e movimentou a web. 

"Um senhor de 88 anos pergunta para uma criancinha: 'você prefere sexo, poder ou dinheiro?' na TV aberta! Adivinha quem não falou absolutamente nada? Crivella, Malafaia, deputados do PSL, Família Bolsonaro, Psicóloga que falou que sou má influência. Silêncio..."

Vale lembrar que, recentemente, o youtuber chamou a atenção após comprar 14 mil exemplares do quadrinho da Marvel, ‘Vingadores - A Cruzada das Crianças’, que foram apreendidos pelo prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, durante a Bienal do Livro, por conter a cena de dois homens se beijando.

O influenciador distribuiu as cópias adquiridas gratuitamente e reprovou a atitude do político nas redes sociais.