AnaMaria
Últimas Notícias / HOMENAGEM

Fernanda Montenegro completa 90 anos nesta quarta; relembre 6 personagens marcantes

Completando 90 anos, confira os personagens mais marcantes de Fernanda Montenegro

Naty Falla Publicado em 16/10/2019, às 17h50

Relembra os personagens mais marcantes de Fernanda Montenegro nas telinhas e telonas - Divulgação | Globo/Fábio Rocha | Globo
Relembra os personagens mais marcantes de Fernanda Montenegro nas telinhas e telonas - Divulgação | Globo/Fábio Rocha | Globo

Fernanda Montenegro celebra, nesta quarta-feira (16), 90 anos de vida!

Conhecida como uma atriz icônica, ela recebeu diversas homenagens durante a última semana por conta do aniversário.

O Globo Repórter, inclusive, fez um especial, exibido na última sexta-feira (11), relembrando a trajetória de vida da artista.

O programa acompanhou as gravações do último trabalho de Fernanda na televisão, na novela 'A Dona do Pedaço', mostrando o trabalho minucioso da atriz - já indicada ao Oscar - nos bastidores.

Pensando nisso, AnaMaria Digital separou 6 personagens mais marcantes na carreira da veterana. Confira!

“CENTRAL DO BRASIL” (1998)

Foto:
Divulgação

É praticamente impossível não lembrar da atuação de Fernanda Montenegro em ‘Central do Brasil’. A atriz deu vida à Dora, uma professora aposentada que ganha a vida escrevendo cartas para analfabetos na maior estação de trens do Rio de Janeiro, a Central do Brasil. 

Um certo dia, ela encontra Josué, um garoto pobre que tenta lidar com a perda da mãe. Ao perceber que ele está perdido e entregue às várias formas de violência urbana, Dora decide acompanhar o garoto em sua busca pelo pai e irmãos. 

O obra lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor atriz, que ela acabou perdendo para a norte-americana, Gwyneth Paltrow.

“O AUTO DA COMPADECIDA” (2000)

Foto:
Globo Filmes

Por mais que tenha feito uma participação especial em ‘O Auto da Compadecida’, Fernanda Montenegro roubou a cena ao interpretar a ‘Virgem Maria’ nas telonas. 

A história é considerada marcante por conta do humor e o retrato fiel da rotina popular. As aventuras de João Grilo e Chicó conta a luta pela sobrevivência em um meio desfavorável, em que há fome, seca, violência e pobreza. 

João Grilo acaba sendo morto pelos cangaceiros e, no céu, todos os personagens se encontram para a hora do juízo final. Nossa Senhora (Fernanda Montenegro) intercede por cada um dos personagem e Grilo recebe a graça de voltar para o seu próprio corpo. 

“GUERRA DOS SEXOS” (1983)

Foto:
TV Globo 

Há 36 anos, estreava a memorável novela ‘Guerra dos Sexos’. Escrita por Silvio de Abreu, com colaboração de Carlos Lombardi, ela é considerada um grande clássico da TV Globo. 

A obra conta a história de um conflito entre homens e mulheres tendo como base a rivalidade entre os primos Charlô (Fernanda Montenegro) e Otávio (Paulo Autran), que acabam sendo obrigados a dividir uma mansão e os negócios das Lojas Charlô’s, que receberam como herança de um tio.

Em 2012, a novela voltou ao ar adaptada pelo próprio autor em um remake, que atualizou os conflitos entre homens e mulheres, sem perder o humor.

''DOCE DE MÃE'' (2012-2014)

Foto:
Globo/Alex Carvalho

Fernanda Montenegro viveu a Dona Picucha neste especial de fim de ano brasileiro. Tratava-se de uma animada senhora de 85 anos que vive em Porto Alegre e causa grandes confusões. 

A história tem uma reviravolta quando Zaida (Mirna Spritzer), empregada da família, anuncia que vai se casar. Com isso, os filhos se questionam quem vai ficar e cuidar da senhora. Cada um tenta achar uma solução diferente, mas a Dona Picucha consegue se safar de todas elas. 

A obra concedeu, em 2013, o Emmy Internacional de Melhor Atriz para Fernanda Montenegro. Em 2014, a atração virou série e ganhou no ano seguinte o Emmy Internacional de melhor comédia. 

''BABILÔNIA'' (2015)

Foto:
Globo/Alex Carvalho

Fernanda Montenegro virou um dos nomes mais comentados do país após viver ‘Teresa’na trama da TV Globo. Isso porque a senhora vivia um romance com Estela (Nathalia Timberg). 

E o grande diferencial desta novela foi mostrar em pleno horário nobre um beijo entre as duas, que estavam juntas há quase 40 anos na história. A cena foi elogiada por grande parte dos telespectadores, mas também foi muito criticada e uma parte conservadora do público manifestou boicote à trama.

Em 2015, a Frente Parlamentar Evangélica divulgou uma nota de repúdio às atrizes, assinada pelo deputado João Campos (PSDB-GO), acusando a novela de trazer "de forma impositiva, para quase toda a sociedade brasileira, o modismo denominado por eles de 'outra forma de amar', contrariando nossos costumes, usos e tradições".

''CASA DE AREIA'' (2005)

Foto:
Divulgação

Este filme é considerado um marco por conta de mãe e filha atuarem juntas pela primeira vez nos cinemas. A história conta a vida de Áurea (Fernanda Torres) e a mãe dela, Dona Maria (Fernanda Montenegro), em busca da possibilidade de viver em terras recentemente compradas pelo marido da jovem, o português Vasco (Ruy Guerra).

No entanto, após uma longa e cansativa viagem, eles descobrem que as terras estão em um lugar inabitável, rodeado de areia por todos os lados e sem indício de civilização por perto.

Após a morte de Vasco, mãe e filha ficam completamente sozinhas, tendo que tentar sobreviver em uma casa que pode ser soterrada a qualquer momento.