AnaMaria

Filha de Babu é alvo de fake news compartilhada Sammy Lee, mulher de Pyong

Internautas manipularam uma fala do participante dentro do ‘BBB20’

Da Redação Publicado em 13/04/2020, às 12h41 - Atualizado às 12h55

Babu Santana quebrou recorde de indicações ao Paredão no 'BBB' - Globo
Babu Santana quebrou recorde de indicações ao Paredão no 'BBB' - Globo

Emparedado da semana, Babu segue sendo alvo de ataques nas redes sociais. Desta vez, o participante do ‘Big Brother Brasil 20’ teve uma fala editada por internautas onde ele supostamente diz que a mensalidade da escola de sua filha é R$6 mil.

Tatiana Melo, namorada do artista, usou suas redes sociais, nesta segunda-feira (13), para esclarecer a “fake news”, que foi inclusive compartilhada por Samy Lee, mulher de Pyong.

"Como se já não fossem poucos os ataques a Babu, agora envolvem as crianças. Circula desde sábado (11) um vídeo de uma conversa editada em que Babu falava sobre valores de escola particulares para seus filhos. A fala, da forma como está cortada, deixa a entender que a filha do Babu possui uma bolsa de 50% em uma escola que custa R$6.000,00", esclareceu ela.

"Quem não assistiu a conversa na íntegra não tem como saber que a bolsa era na verdade o valor de meio-período da creche, no caso 3.000,00", completou Tatiana.

A cantora criticou ainda os “fabricadores” de notícias falsas, e questionou se há problemas em pessoas humildes estudarem quererem dar condições melhores a seus filhos. "E se o Babu realmente tivesse endividado para deixar os filhos numa escola particular? Não pode? Porque não pode filho de preto em colégio adquirido, conquistado e com muito trabalho e suor", rebateu.

E finalizou: "Babu vem de uma origem humilde, cresceu com seu trabalho, isso não é novidade pra ninguém. Tem orgulho de dizer quantos filmes e novelas já fez. Não vive em condições de miséria. Nunca disse isso", esclarece aos fãs do confinado. "Por favor, se virem esses conteúdos, denuncie. A internet não pode ser essa terra de ninguém e palco pra linchamento, racismo e detratores".