AnaMaria
Últimas Notícias / ordem da justiça

Filho de Edir Macedo é condenado a pagar R$ 40 mil após ofender massagista

Filho de Edir Macedo deverá pagar R$ 40 mil para massagista por danos morais

Da Redação Publicado em 17/09/2019, às 16h36 - Atualizado às 16h36

Edir Macedo - Reprodução/Instagram
Edir Macedo - Reprodução/Instagram

O filho de Edir Macedo, Moysés Macedo, foi condenado a pagar R$ 40 mil por danos morais à uma massagista que prestava serviços nos estúdios da Record TV. As informações são do portal UOL, em matéria divulgada nesta terça-feira (17).

Tudo começou quando o mesmo usou a sua conta do Twitter para ofender a massagista. "Massagem com uma p*** baiana e agora to com nojo", "gorda falei para ela sair de mim e disse 'boa sorte na sua carreira'", "não recomendo que ninguém faça massagem na Record. Se for fazer, cuidado com (nome)" e "ela tem AIDS" foram os comentários divulgados por uma reportagem do TV Foco. 

Segundo o portal Jota, a moça disse que se sentiu humilhada ao atender Moysés e que quando soube de suas declarações, ficou profundamente abalada. Ela também acabou sendo demitida da empresa.

"O autor, aproveitando-se da sua posição de superioridade hierárquica, difundida na condição de filho do proprietário da emissora de televisão, julgou-se no direito de fazer pouco da honradez da autora, diminuindo-a e menosprezando-a, em privado e em público, de forma ignóbil e abjeta, com a única finalidade de humilhá-la. É o bilinguis maledictus de que fala a Bíblia", pontuou o juiz do caso. 

Os advogados de defesa afirmam que a conta não pertencia ao filho de Edir Macedo, porém a autoridade acredita na veracidade da acusação, já que na rede social o religioso não se expressava negativamente, além dessa polêmica.