AnaMaria
Últimas Notícias / Caso Anderson

Flordelis revela que a filha assumiu ter matado Anderson: ''Não concordo com o que ela fez''

De acordo com a pastora, Simone consentiu que foi a mandante do crime

Da Redação Publicado em 25/03/2021, às 17h57 - Atualizado em 22/04/2021, às 15h03

Pedro Bial e Flordelis no 'Conversa com Bial' - Divulgação/TV Globo
Pedro Bial e Flordelis no 'Conversa com Bial' - Divulgação/TV Globo

A pastora e deputada federal Flordelis, envolvida no caso da morte de Anderson do Carmo, seu marido, fez novas revelações sobre o crime em entrevista à Pedro Bial na edição do ‘Conversa com Bial’ que irá ao ar na Globo nesta quinta-feira (25).

Durante o bate-papo com o jornalista, ela deu sua versão sobre o que teria acontecido, e indicou possíveis motivos das filhas terem se envolvido na morte do pastor. Os filhos Flávio, Lucas, Simone, Marzy, Adriano, André e Carlos e a neta Rayane foram presos, exceto ela, que possui imunidade parlamentar, e está com tornozeleira eletrônica.

Em janeiro deste ano, após a retomada dos interrogatórios, Simone, filha de Flordelis, assumiu à advogada que matou Anderson e alegou ainda abusos sexuais por parte do homem.

Foram encontrados os termos “envenenamento”, “matador de aluguel” e “veneno pra matar pessoa que seja letal e fácil de comprar” em pesquisas nos pertences da mulher.

Em depoimento, ela revelou também que a ideia do assassinato partiu dela e que entregou dinheiro à sua irmã, Marzy, para comprar a arma do crime – o que Marzy negou à Justiça.

A deputada federal contou não saber do sofrimento de Simone, e reforçou sua versão.

"Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, disse.