AnaMaria

Franceses são presos após invadirem o Cristo Redentor para ver o nascer do sol

Turistas chegaram a escalar a icônica estátua durante a madrugada

Da Redação Publicado em 25/08/2021, às 16h54 - Atualizado às 16h55

Turistas não podem subir no Cristo Redentor - Jose Guertzenstein/Pixabay
Turistas não podem subir no Cristo Redentor - Jose Guertzenstein/Pixabay

Dois franceses foram presos na madrugada da última segunda-feira (23) após serem flagrados no Cristo Redentor. A ideia era passar a noite em cima do monumento para ver o nascer do sol.

De acordo com Militares do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur), a dupla foi encontrada pela manhã, após terem escalado e invadido o interior do monumento de 38 metros. Ambos foram encaminhados para a Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat) e liberada após pagarem fiança de R$ 10 mil. Eles deverão se apresentar à Justiça posteriormente.

Clément Dumais, de 28 anos, e Paul Roux-dit-Buisson, de 27, deram entrevista para a AFP na terça-feira (24) e explicaram que ficaram após o fechamento da entrada de visitantes, passando a noite de domingo perto da estátua. 

Perto do amanhecer, os rapazes entraram no monumento, subiram suas escadas internas e saíram por um dos braços para ver o nascer do sol do ponto turístico. Foi quando um segurança percebeu a presença dos dois.

SÓ NA MEMÓRIA MESMO
Infelizmente, eles não vão conseguir compartilhar com mais ninguém o que viram. Isso porque a polícia confiscou todas as fotos e vídeos do nascer do sol gravadas do alto do Cristo. Os dois fizeram isso porque postam há dez anos nas redes sociais e no seu canal no YouTube imagens de seus feitos.

Os dois franceses já chegaram a escalar a Torre Eiffel. "No geral, não fazemos muitas coisas autorizadas. Mas a gente respeita o que admira. Não só escalamos (edifícios) por prazer, para nós o Corcovado é uma obra impressionante", admitiu Paul RDB.