AnaMaria
Últimas Notícias / Coronavírus

Geisy Arruda diz que está deprimida e sente falta de sexo na quarentena: ''Me deixa surtada''

A influencer respondeu ainda perguntas sobre masturbação nas redes sociais

Da Redação Publicado em 26/03/2020, às 12h27 - Atualizado às 12h27

Geisy ficou conhecida após ser hostilizada na universidade por conta de um vestido - Instagram/ @geisy_arruda
Geisy ficou conhecida após ser hostilizada na universidade por conta de um vestido - Instagram/ @geisy_arruda

De quarentena para ajudar no combate ao coronavírus, Geisy Arruda decidiu passar o tempo respondendo perguntas de seus seguidores nos Instagram Stories. Na última quarta-feira (25), ela assumiu que estava deprimida e admitiu a falta do sexo.

Primeiro, um de seus fãs a questionou sobre como ela faria para manter a forma durante o período em casa. Irritada, Arruda garantiu que essa não é sua prioridade no momento.

"Você fica deprimido com essa m**** [do coronavírus]. Parei de assistir à televisão porque há dois dias tive uma crise de ansiedade e tive de tomar medicamento. Ver matérias o tempo todo começou a me deixar surtada", respondeu.

A ex-estudante de turismo explicou que a crise foi feia, tanto que ficou até com dificuldade respiratória: “Achei que ia morrer”.

Como sempre costuma fazer, a influenciadora respondeu ainda perguntas sobre quais posições sexuais mais gostava. "Quando eu fazia... Meu Deus, que tempo bom. Não me faz essas perguntas que eu fico deprimida", desabafou.

Por fim, Geisy falou sobre masturbação durante a quarentena: "Está tipo: café da manhã, almoço e janta, três vezes por dia", brincou.