AnaMaria
Últimas Notícias / POLÊMICA

Geisy Arruda relembra episódio do microvestido: ''Eu era ofendida''

Após 10 anos, Geisy Arruda relembra episódio do microvestido: ''Me culpavam''

Da Redação Publicado em 22/07/2019, às 16h30 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Geisy Arruda - Reprodução/Instagram
Geisy Arruda - Reprodução/Instagram

Geisy Arruda ficou conhecida, há dez anos atrás, ao aparecer na faculdade, em que cursava Turismo, usando um microvestido na cor rosa. Ela foi hostilizada pelos alunos e o caso repercutiu tanto na época, que fez com que a musa se tornasse famosa.

Durante o programa ‘Olga’, exibido pela RedeTV! nesta segunda-feira (22), a moça comentou sobre o ocorrido, que considera, até hoje, um constrangimento. “Eu era ofendida, de palavras de baixo calão. Todo mundo me culpava: 'ah, você foi com a roupa, você provocou, você instigou os alunos, a culpa é sua, por que você não foi com uma roupa mais comportada?'", disse. 

Quando questionada sobre a repercussão, Geisy foi direta: "Faltei vários dias na faculdade. Não só os universitários tinham acesso ao vídeo. Foi parar no Youtube e viralizou. Foi parar em diversos veículos, inclusive internacionais, e eu não sabia como lidar com aquilo. De repente ficou muito gigantesco”, relatou. 

Ela aproveitou para dizer o momento que percebeu que ela não era culpada. “Quando eu tive meu primeiro contato com jornalista é que eles me explicaram 'você não é a culpada, você é a vítima'. E a primeira vez que eu conversei com um advogado e eu entendi que estava errado, e aí o jogo virou". 

PROCESSO
No fim, a digital influencer processou a faculdade. “Nunca mais voltei lá. Mas olha como isso me magoou muito, tanto que eu não consegui voltar. Eles me expulsaram, me culparam [...] Eu ganhei o processo. Demorou cinco anos pra sair o resultado e eu ganhei 50 mil reais de indenização, por danos morais".

Geisy foi esperta e fez questão de aproveitar os holofotes, lançou uma linha de roupas e engatou trabalhos como modelo e atriz. Atualmente, ela possui mais de um milhão de seguidores em seu Instagram e se auto-intitula ‘blogueira da classe C’.