AnaMaria
Últimas Notícias / saúde mental

Gisele Bündchen conta que buscou ajuda para lidar com ataques de pânico

''Foi desafiador para mim'', contou a modelo nas redes sociais

Redação Publicado em 09/09/2020, às 15h55 - Atualizado às 16h00

Para ilustrar a postagem, Gisele compartilhou uma foto ao lado de um dos cachorros de estimação da família - Instagram/@gisele
Para ilustrar a postagem, Gisele compartilhou uma foto ao lado de um dos cachorros de estimação da família - Instagram/@gisele

GiseleBündchen contou que buscou ajuda para lidar com os ataques de pânico. Em um texto compartilhado em seu Instagram oficial, a modelo falou sobre a doença e ressaltou a importância de cuidar da saúde mental.

"Por experiência própria, aprendi que nada é permanente. Às vezes, esse simples lembrete de que os sentimentos ruins irão eventualmente passar pode funcionar como um farol de esperança. A ansiedade pode nos consumir e, às vezes, precisamos de um empurrãozinho para nos ajudar a sair de nosso círculo vicioso de preocupação", escreveu a modelo. 

A modelo contou que procurou ajuda de profissionais, apoio familiar e também técnicas de respiração e meditação.

"Lidar com meus ataques de pânico foi desafiador para mim e procurei ajuda. Em momentos como este, a família, amigos e especialistas podem ajudar, assim como também as técnicas de respiração e meditação. O mais importante é sair da inércia e buscar alternativas. A vida é o nosso maior presente - e cada dia vale a pena", completou.

Para ilustrar a postagem, Gisele compartilhou uma foto em que aparece ao lado de um dos cachorros de estimação da família. 

Vale lembrar que a modelo vive na Flórida (EUA) com o marido, o jogador de futebol americano TomBrady, e os filhos Benjamin, de 10 anos, e Vivian, de 7.