AnaMaria
Últimas Notícias / Polêmica

Gregorio Duvivier critica Witzel e Bolsonaro no caso Marielle Franco: ‘’São cúmplices’’

Ele defendeu seu voto em Marcelo Freixo, alvo de atentado

Da Redação Publicado em 14/12/2018, às 16h01 - Atualizado em 17/12/2019, às 11h14

Gregório Duvivier e sua esposa - Instagram
Gregório Duvivier e sua esposa - Instagram

Gregorio Duvivier defendeu Marcelo Freixo, eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro, que foi alvo de um possível atentado previsto pela polícia do Rio de Janeiro nesta sexta (14).

Em publicação de seu Instagram, o ator e humorista se manifestou a favor de Freixo, e disse que o Estado fecha os olhos para a polícia que, segundo ele, “comanda ¾ do município” e “encarcera negros e pobres aos milhões”.

“Votei no Marcelo Freixo minha vida toda, e pretendo votar muitas vezes ainda. Toda a solidariedade ao Marcelo e sua família. Pra quem não sabe, a polícia civil interceptou um plano de homicídio de Marcelo. Provavelmente são os mesmos assassinos - soltos até hoje - de Marielle”, desabafou ele.

CÚMPLICES

O humorista ainda criticou o presidente eleito Jair Bolsonaro, e o governador do Rio, Wilson Wtizel: “Se não combatem, é porque são cúmplices”, apontou Duvivier.

A mensagem de Gregorio também foi repostada nas redes sociais da atriz Camila Pitanga. “Faço das palavras dele [Gregorio] as minhas”, disse ela.