AnaMaria

Harvey Weinstein é condenado a 23 anos de prisão por agressão e estupro

Diretor norte-americano Harvey Weinstein é condenado por assédio sexual

Da Redação Publicado em 11/03/2020, às 12h55 - Atualizado às 12h55

Jennifer Lawrence e Harvey Weinstein - Instagram/ @the_real_harvey_weinstein
Jennifer Lawrence e Harvey Weinstein - Instagram/ @the_real_harvey_weinstein

Harvey Weinstein, um famoso diretor norte-americano, foi condenado a 23 anos de prisão por assédio sexual. O anúncio foi feito pelo juiz da Suprema Corte americana James Burke, nesta quarta-feira (11).

Em fevereiro deste ano, o homem de 61 anos foi considerado culpado pelo estupro da aspirante a atriz Jessica Mann e da ex-assistente de produção Mimi Haleyi.

No tribunal, Weinstein e as seis mulheres que o acusaram de assédio sexual estavam presentes. O diretor chegou a dizer que estava com “profundo remorso”, e criticou ainda o movimento #MeToo, que age contra agressões sexuais.

"Estou completamente confuso. Acho que os homens estão confusos em relação a tudo isso... esse sentimento de que milhares de homens e mulheres estão perdendo o direito ao devido processo legal. Me preocupo com este país", opinou ele.

Jessica, que sofreu estupros quando estava em relacionamento abusivo com o produtor, fez uma declaração à corte. "Eu não sei como explicar o horror de ser estuprada por alguém com poder. O impacto na psique é profunda. Estupro não é apenas um momento... é para sempre".

Haleyi também relatou o trauma que sofreu: "Isso me assustou profundamente, mental e emocionalmente, talvez irreparavelmente, talvez para sempre".