AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Homem que acusava Kevin Spacey de assédio é encontrado morto na Noruega

Morre Ari Behn, escritor que acusava Kevin Spacey de Assédio

Da Redação Publicado em 26/12/2019, às 14h28 - Atualizado às 14h29

Ari Mikael Behn foi um escritor norueguês e ex-esposo da Marta Luísa da Noruega - Instagram/ @ari.behn
Ari Mikael Behn foi um escritor norueguês e ex-esposo da Marta Luísa da Noruega - Instagram/ @ari.behn

O escritor Ari Behn, 47, que acusou o ator Kevin Spacey de assédio, foi encontrado morto na Noruega, na última quarta-feira (25), durante o Natal.

Geir Hakonsund, agente da família de Behn, divulgou um comunicado lamentando a perda do ente querido e pediu respeito à família neste momento.

“Com grande dor no coração, os familiares mais próximos de Ari Behn informam hoje que ele tirou a própria vida. Pedimos respeito à nossa vida privada de agora em diante”, anunciou.

O rei Harold V e a rainha Sônia também anunciaram seu apoio à família. Ari foi casado com Martha Louise, filha dos monarcas, de 2002 a 2016. 

Durante o movimento que reuniu diversas pessoas vítimas de assédio em Hollywood, Ari foi peça importante. Ele denunciou Kevin Spacey, nome importante da indústria do cinema, durante o Prêmio Nobel da Paz, em 2007.

“Nós tivemos uma boa conversa, ele sentou bem do meu lado. Depois de uns cinco minutos ele disse, ‘ei, vamos lá fora fumar um cigarro’. Então ele pôs sua mão abaixo da mesa e me puxou pelas partes íntimas. Meu cabelo era escuro na época, eu era 10 anos mais novo e bem o tipo dele”, declarou ele em entrevista ao jornal The Mirror na época.

{# Taboola Newsroom #}