AnaMaria
Últimas Notícias / Caso Rafael Miguel

Isabela Tibcherani recebe diagnóstico de doença após morte de Rafael Miguel, diz site

Namorada do ator Rafael Miguel teve diagnóstico médico e iniciará tratamento

Da Redação Publicado em 18/06/2019, às 10h29 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Isabela Tibcherani e Rafael Miguel namoravam há cerca de um ano - Reprodução/Instagram
Isabela Tibcherani e Rafael Miguel namoravam há cerca de um ano - Reprodução/Instagram

Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Miguel, recebeu um diagóstico médico após presenciar a morte do ator e dos pais dele, no último dia 9.

De acordo com o UOL, Isabela foi diagnosticada com estresse pós-traumático. "Ela ainda não conseguiu retomar a rotina. Consegui um psiquiatra para ela, que realizou exames e está sendo medicada. Ela foi diagnosticada com estresse pós-traumático e ainda não tem condições de sair sozinha”, revelou o advogado da jovem.

Trata-se de um distúrbio caracterizado pela dificuldade da pessoa se recuperar após vivenciar ou testemunhar um acontecimento assustador. No caso, Isabela presenciou a morte de Rafael Miguel e de João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel, pais do ator. A família foi assassinada pelo próprio pai da jovem, Paulo Cupertino Matias. 

Ao se recordar do fato, a pessoa revive o episódio como se estivesse acontecendo naquele momento, tendo a mesma sensação de dor e sofrimento vivido na primeira vez. Isso desencadeia alterações neurofisiológicas e mentais.

De forma geral, o tratamento costuma ser via Terapia cognitivo-comportamental (TCC), mas pode ser complementada, se necessário, com o uso de medicamentos como os ansiolíticos ou os antidepressivos.

TIROS E FUGA

O laudo necroscópico das mortes, divulgado pela Rede Globo no último sábado (15), aponta que o assassino disparou 13 tiros contra os três membros da mesma família.

Rafael levou sete tiros, sendo um na cabeça, um no peito, três nas costas e dois no braço esquerdo. O pai foi atingido quatro vezes, com um tiro no peito, dois no braço esquerdo e um no braço direito. Já a mãe foi levou dois tiros, um no peito e um no ombro.

Após o crime, Paulo Cupertino Matias fugiu do local e até o momento está foragido da polícia.