AnaMaria

Izabella Camargo vence ação judicial, retorna à Globo, mas é barrada pela emissora 

Jornalista Izabella Camargo voltou à Rede Globo com ação judicial

Da Redação Publicado em 11/07/2019, às 12h46 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Izabella Camargo era repórter da TV Globo e foi demitida em novembro de 2018 - Lucas Seixas/Reprodução/Instagram
Izabella Camargo era repórter da TV Globo e foi demitida em novembro de 2018 - Lucas Seixas/Reprodução/Instagram

A jornalista Izabella Camargo retornou à TV Globo, na quarta-feira (10), após o Tribunal Regional do Trabalho exigir sua reintegração no quadro de funcionários. 

Izabella foi demitida da emissora em novembro de 2018, quando retornou de uma licença médica em virtude da Síndrome de Burnout, provocada pelo esgotamento físico e mental. Por este motivo, ela entrou com um processo judicial, que exigia sua reintegração na empresa. 

"Essa é uma decisão judicial que está sob sigilo. Hoje foi oficialmente o dia da minha reintegração, porém a emissora ainda não deu nenhuma posição", declarou em entrevista para o portal UOL.

DE FORA

Sem entrar nas instalações da Globo em São Paulo (SP), onde é localizado a maior parte do departamento de jornalismo da emissora, ela revelou que encontrou com os antigos colegas de trabalho, que ficaram felizes com sua volta. 

"Foi muito bom ser recebida pelas pessoas que estavam saindo porque eu só fiquei do lado de fora, eu não entrei. Como era troca de turno foi muito bom ser abraçada por pessoas que vibraram com a notícia", disse. 

Izabella ainda desabafou dizendo que agiu dessa maneira porque queria praticar o que aprendeu no exercício de sua profissão. "Nunca fiz nada de errado desde o princípio e por isso a minha sensação é muito boa porque exerci comigo o que sempre exerci na reportagem, de buscar a verdade e a lei."