AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Jair Bolsonaro é culpado pelo aumento do preço dos combustíveis para 86% dos internautas

Pesquisa revelou que 86 a cada 100 brasileiros apontaram Bolsonaro como o culpado na disparada dos combustíveis

Da redação Publicado em 17/03/2022, às 09h47

Jair Bolsonaro é apontado como culpado pela alta dos combustíveis - Instagram/@jairmessiasbolsonaro
Jair Bolsonaro é apontado como culpado pela alta dos combustíveis - Instagram/@jairmessiasbolsonaro

A alta dos combustíveis é um assunto que sempre reverbera nas redes sociais e não foi diferente na semana passada, quando os valores subiram novamente. De acordo com um estudo realizado pelos estúdios de análise de dados Novelo Data e Essa Tal Rede Social, divulgados pelo jornal O Estado de S. Paulo, Jair Bolsonaro (PL) foi apontado como culpado pela disparada dos preços para 86% dos internautas. 

No levantamento, foi analisado o comportamento dos usuários sobre os principais temas dos últimos dias. No caso do Twitter, a avaliação se concentrou em citações sobre o aumento dos combustíveis feitas nos dias 10 e 11 de março, quando foram feitas mais de 590 mil menções sobre o preço dos combustíveis, somadas as publicações realizadas também no Facebook.

Com isso, a pesquisa concluiu que, a cada 100 pessoas que se manifestaram pelo Twitter sobre o assunto, 86 tiveram como alvo o presidente, que foi apontado como o principal culpado pelo aumento dos preços da gasolina, etanol, diesel e gás de cozinha. Somente 14% das pessoas tinham um posicionamento favorável ao governo federal em relação ao assunto.

Vale lembrar que Bolsonaro alega que a alta dos preços é culpa dos governadores e do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Ele também já responsabilizou os escândalos de corrupção do PT, a guerra entre Rússia e Ucrânia e até mesmo o Supremo Tribunal Federal.

TELESPECTADOR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi às redes sociais, recentemente, revelar que não está acompanhando o BBB 22. O político também fez uma crítica ao reality show, afirmando achá-lo “muito ruim”.

“Não assisto BBB22. Muito ruim. Boa noite a todos”, afirmou Bolsonaro através de seu perfil no Twitter. O mais curioso foi o horário em que a publicação foi feita: às 03h34 da madrugada.

Nos comentários, os internautas se dividiram entre críticas e elogios ao posicionamento do presidente. “É a primeira vez que estou do lado do presidente”, disse um usuário do Twitter. “É ruim mesmo, mas não tão ruim quanto a economia, a inflação, o preço da gasolina, a cotação do dólar”, afirmou outro.

Em quem você pretende votar na próxima eleição para presidente?

  • Lula
  • Jair Bolsonaro
  • Sergio Moro
{# Taboola Newsroom #}