AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Jogador de futebol morre após ser agredido com voadora no peito em campo

Geovani Biancho tinha 42 anos e deixa para trás um filho de apenas três

Da Redação Publicado em 14/12/2021, às 10h09 - Atualizado às 10h10

Atleta sofreu uma hemorragia intratorácica e não resistiu - Facebook/Geovani Biancho
Atleta sofreu uma hemorragia intratorácica e não resistiu - Facebook/Geovani Biancho

O jogador de futebol amador Geovani Biancho morreu, no último sábado (11), após ser atingido no peito por uma voadora de um adversário. O caso aconteceu na cidade de Carlos Barbosa (RS) e está sendo investigado pela Polícia Civil. Aos 42 anos, o atleta deixa para trás a esposa e um filho de apenas três anos. 

Segundo o G1, a partida amistosa foi realizada por volta das 17 horas de sábado. Biancho se envolveu em uma discussão com um jogador do time adversário, de 21 anos de idade, quando o rapaz partiu para a agressão e o atingiu com um chute na região do peito. 

Geovani teria sido levado às pressas pelos amigos ao Hospital São Roque após sofrer o golpe. Entretanto, o atleta não resistiu ao ferimento e morreu por volta da meia-noite. A causa da morte foi uma hemorragia intratorácica. 

Por sua vez, o suspeito do crime foi ouvido pela polícia e irá responder em liberdade pelo crime de lesão corporal seguida de morte. O delegado Marcelo Ferrugem afirmou ao portal GZH que ele admitiu a agressão, porém garantiu que ‘perdeu a cabeça’ e não imaginava que a ação poderia tirar a vida da vítima - o que classifica o crime como preterdoloso. 

{# Taboola Newsroom #}