AnaMaria

Jornalista da Globo sofre ataque durante transmissão ao vivo em SP

A equipe rapidamente se esquivou das imagens

Da Redação Publicado em 14/04/2020, às 12h52 - Atualizado às 12h53

Mariana Aldana e Renato Peters foram atacados em transmissões ao vivo do 'SP1' - Globo
Mariana Aldana e Renato Peters foram atacados em transmissões ao vivo do 'SP1' - Globo

A jornalista Mariana Aldana, repórter do ‘SP1’, da TV Globo, foi atacada ao vivo durante uma transmissão na tarde desta terça-feira (14).

No momento, ela falava sobre moradores que estão fazendo aglomerações em filas nas portas de agências da Caixa Econômica Federal, quando três homens gritaram ‘Globo lixo’ e correram na direção da repórter.

Para conter a confusão, a equipe virou a câmera rapidamente para não mostrar o rosto dos envolvidos e o link voltou para o estúdio com César Tralli, âncora da atração.

Pelas redes sociais, internautas apoiaram a emissora e criticaram a ação dos não-identificados. “Todo dia uma palhaçada diferente ao trabalho da imprensa”, lamentou um deles. “Fazer jornalismo tem sido um ato de resistência”, opinou outra.

NÃO É A PRIMEIRA VEZ

Na última sexta-feira (10), outro repórter da Globo foi interrompido por uma mulher enquanto gravava uma reportagem ao vivo.

A mulher tomou o microfone do jornalista Renato Peters, também do ‘SP1’, e gritou ‘Globo lixo’, além de palavras a favor do presidente Jair Bolsonaro.