AnaMaria

Jornalistas da Globo criticam atitude de Bolsonaro com repórter da Folha de São Paulo

Renata Lo Prete e Miriam Leitão fazem crítica à opinião de Bolsonaro sobre repórter

Da Redação Publicado em 19/02/2020, às 16h24 - Atualizado às 16h25

Miriam Leitão e Renata Lo Prete criticam Jair Bolsonaro - Globo/ Divulgação// Zé Paulo Cardeal
Miriam Leitão e Renata Lo Prete criticam Jair Bolsonaro - Globo/ Divulgação// Zé Paulo Cardeal

Renata Lo Prete e Miriam Leitão protagonizaram um momento polêmico na última terça-feira (18).

As jornalistas criticaram a opinião de Jair Bolsonaro em oposição à repórter do jornal ‘Folha de São Paulo’, Patrícia Campos Mello.

A âncora foi a primeira a se pronunciar e acabou confessando como estava se sentindo perante o ocorrido.

“Antes de continuar, como jornalista e mulher não posso dizer que meu sentimento é das minhas colegas e meus colegas: profunda indignação. Isso não tem nada a ver com política, tem a ver com a dignidade das pessoas, que todos nós temos que respeitar a começar pelo presidente que pelas suas palavras parece se eximir dessa obrigação tão básica”, afirmou, durante a exibição do ‘Jornal da Globo’.

Já, nesta quarta-feira (19), foi a vez de Miriam Leitão expor seu ponto de vista, ao vivo no ‘Bom Dia Brasil’. 

“Um presidente da República não pode levantar uma insinuação dessa gravidade, não pode acusar uma pessoa sem prova. Não pode usar o espaço e o poder que tem para agredir pessoas, grupos sociais, instituições, como ele tem feito”, opinou.

A profissional ainda abordou um tema que está popular e bastante falado. “Isso é machismo, é indigno, é difamação. E difamação é crime. Quando Bolsonaro ataca dessa forma vil uma jornalista, uma mulher, com esses argumentos machistas, está desonrando a presidência da República”, finalizou.