AnaMaria
Últimas Notícias / Coronavírus

Jornalistas do SBT e Gazeta são atacados durante transmissões ao vivo

Profissionais tem sido alvo de ataques durante reportagens

Da Redação Publicado em 15/04/2020, às 14h03 - Atualizado às 14h07

A repórter Amanda Campos - Instagram
A repórter Amanda Campos - Instagram

Recentemente, diversos jornalistas estão sendo alvos de ataques durante reportagem ao vivo. Desta vez, os repórteres Amanda Campos, do SBT, e Luciano Penteado, da TV Gazeta, foram interrompidos por manifestantes ao vivo.

No matutino ‘Primeiro Impacto’, Amanda noticiava o descumprimento do isolamento social em alguns bairros quando o homem surgiu atrás das câmeras com a manchete de um jornal e gritou “fora Bolsonaro”.

A equipe rapidamente cortou para os estúdios e Márcia Dantas, substituta de Marcão do Povo, ficou indignada com o ato. “Estamos arriscando nossa vida para levar informação”, desabafou ela.

Já na Gazeta, Luciano estava na Avenida Paulista, em São Paulo, e também falava sobre o isolamento social.

Neste momento, um homem passou na frente das câmera e gritou “é tudo mentira”. O jornalista pediu desculpas pelo acontecido e seguiu com a notícia.

MAIS ATAQUES

Outros profissionais da TV Globo passaram por situações constrangedoras nas últimas semanas. 

Em um link ao vivo, uma mulher tomou o microfone de um repórter e gritou palavras de apoio ao presidente Jair Bolsonaro. O mesmo aconteceu com outra jornalista do telejornal ‘SP1’.