AnaMaria

Justiça manda ex-médico Roger Abdelmassih voltar para a cadeia

Roger Abdelmassih tem prisão domiciliar suspensa pela Justiça de São Paulo

Da Redação Publicado em 13/08/2019, às 17h02 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Roger Abdelmassih - Reprodução/SBT
Roger Abdelmassih - Reprodução/SBT

A Justiça de São Paulo suspendeu a prisão domiciliar de Roger Abdelmassih, de 75 anos, por suspeita de fraude, nesta terça-feira (13). O motivo é que houve suspeita de fraude nas delações das condições de saúde dele.

Por conta disso, de acordo com o G1, a Justiça não vai mais permitir que ele cumpra sua pena de prisão em casa. 

Para cumprir o mandado, a Polícia Civil esteve em frente ao prédio de Abdelmassih nos Jardins, em São Paulo. A partir de agora, o médico deverá ficar preso em um hospital penitenciário, por pelo menos 30 dias, até que seja realizada a perícia técnica.

O órgão estadual determinou que a Polícia Civil investigasse, em julho deste ano, uma aparente fraude com a finalidade de agravar sua situação clínica, e assim, deixar a prisão de Tremembé, localizada no interior de São Paulo.