AnaMaria

Lewis Hamilton critica o silêncio de colegas em relação ao racismo: ''Ainda estou sozinho''

''Ficam calados no meio da injustiça'', diz o piloto

Da Redação Publicado em 01/06/2020, às 19h33 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

O piloto se posicionou contra o racismo nas redes sociais - Instagram/ @lewishamilton
O piloto se posicionou contra o racismo nas redes sociais - Instagram/ @lewishamilton

Lewis Hamilton usou as redes sociais no último domingo (31) para desabafar com seus seguidores. 

No Instagram,  o piloto falou sobre a luta contra o racismo e repreendeu aqueles que se calam diante da questão.

“Eu vejo aqueles de vocês que estão calados, os mesmos são as maiores estrelas, mas ficam calados no meio da injustiça. Não é sinal de ninguém da minha indústria que, é óbvio, é um esporte dominado por brancos. Eu sou uma das pessoas de cor mais habilidosas do mundo, mas ainda estou sozinho", disse ele nos Stories de seu perfilno Instagram. 

"Eu já tinha pensado que você veria por que isso acontece e diria algo sobre isso, mas não pode ficar ao nosso lado. Só sei que sei quem você é e te vejo... Não apoio aqueles prédios saqueadores e em chamas, mas aqueles que protestam pacificamente", continuou. 

Por fim, Hamilton destacou: "Não pode haver paz até que nossos chamados líderes façam mudanças. Não é apenas a América, é o Reino Unido, é a Espanha, é a Itália e todo o mundo. A maneira como as minorias são tratadas precisa mudar, como você educa as pessoas em seu país sobre igualdade, racismo, classismo e que somos todos iguais! Nós não nascemos com racismo e ódio em nossos corações, é ensinado por aqueles que admiramos”.

Além de Lewis, vários famosos estão se posicionando sobre o assunto após o fato lamentável que aconteceu com o  afro-americano George Floyd, que morreu após ser asfixiado por um policial em plena luz do dia.