AnaMaria
Últimas Notícias / Política

Líder de grupo extremista tem plano para matar Jair Bolsonaro e sua família, diz revista

Grupo terrorista planeja matar Bolsonaro, sua família, e mais dois ministros

Da Redação Publicado em 19/07/2019, às 17h06 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Jair Bolsonaro posa ao lado dos filhos. - Reprodução/ Facebook
Jair Bolsonaro posa ao lado dos filhos. - Reprodução/ Facebook

Um dos líderes da Sociedade Secreta Silvestre (SSS) revelou, em entrevista exclusiva à revista Veja, nesta sexta-feira (19), que planeja matar Jair Bolsonaro, sua família, e outros dois ministros do governo.

Identificado como "Anhangá", o rapaz afirmou que o plano existe desde o dia da cerimônia de posse do Presidente da República. Ele conta o motivo de não tê-lo executado na ocasião.

"Foi um público considerável, e facilmente poderíamos nos misturar e executar este ataque, mas o risco era enorme, e era previsível um ataque, então seria suicida", conta o terrorista. 

Toda a entrevista aconteceu através da deep web - canal clandestino da internet onde é impossível rastreá-lo. Anhagá contou ainda que participa da Individualistas que Tendem ao Selvagem (ITS), organização internacional investigada pelo assassinato de diversos políticos e empresários.

"A finalidade máxima seriam disparos contra Bolsonaro ou sua família, seus filhos, sua esposa", detalhou. 

MAIS MORTES
Além de Bolsonaro e sua família, outros dois alvos seriam Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, e Damares Alves, ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos.

“[Damares] se tornou a cristã branca evangelizadora que prega o progresso e condena toda a ancestralidade. Salles é um cínico, e não descansará em paz, quando menos esperar, mesmo que saia do ministério que ocupa, a vez dele chegará", disse.

O presidente Jair Bolsonaro confirmou, na manhã desta sexta-feira (19), que o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência já tinha conhecimento da investigação sobre um grupo de ecoterroristas que estaria ameaçando matá-lo, como revelou a reportagem. O anúncio foi compartilho por seu filho, Carlos, nas redes sociais.