AnaMaria

Live-action de Mulan sofre boicote após posicionamento polêmico de protagonista

Protestantes planejam boicotar filme de Mulan por fala polêmica de atriz principal

Da Redação Publicado em 16/08/2019, às 19h12 - Atualizado em 18/08/2019, às 10h56

Liu Yifei - Reprodução/Instagram
Liu Yifei - Reprodução/Instagram

Liu Yifei, que interpretará a personagem ‘Mulan’ na versão live action do clássico da Disney, foi criticada por manifestantes depois de dar um depoimento polêmico sobre a polícia da China. 

Acusados de uso excessivo de força contra manifestantes em Hong Kong, a atriz usou a sua conta do Weibo, rede social chinesa, para apoiar os oficiais. 

“Eu apoio os policiais de Hong Kong. Vocês todos podem me atacar agora. Que vergonha para Hong Kong”, escreveu na última quinta-feira (15).

No twitter alguns fãs se revoltaram com a posição da famosa e relacionaram o depoimento de Yifei com o fato de ser americana: “Liu é naturalizada americana. Isso deve ser legal. Mas enquanto isso, ela irrita as pessoas que lutam pela democracia”, afirmou.

Além disso, outros seguidores questionaram a posição da atriz com relação aos ensinamentos passados no clássico ‘Mulan’: "Ela é uma hipócrita. Está indo contra tudo o que é passado no filme. Qual o sentido?", escreveu o internauta. 

PROTESTOS 

Desde junho deste ano, uma série de manifestações vêm ocorrendo em Hong Kong. O movimento começou para protestar contra uma polêmica lei de extradição. A norma já foi suspensa, mas os atos seguem acontecendo e hoje defendem o tema pró-democracia. 

O governo da China classificou os protestos como atos terroristas e a polícia chinesa já prendeu mais de 500 manifestantes desde o mês de junho.