AnaMaria

Lucas Viana revela que teve R$ 150 mil roubados durante assalto 

O aplicativo da conta bancária do modelo foi hackeado pelos assaltantes

Da Redação Publicado em 23/06/2020, às 07h49 - Atualizado em 06/07/2020, às 19h37

Lucas Viana se exercitava na Av. Paulista, em São Paulo (SP), quando foi assaltado - Instagram/@eulucasviana
Lucas Viana se exercitava na Av. Paulista, em São Paulo (SP), quando foi assaltado - Instagram/@eulucasviana

O campeão de 'A Fazenda 11', Lucas Viana, foi assaltado no último sábado (20) e teve seu celular levado. No entanto, o prejuízo não foi apenas o do aparelho. O modelo perdeu também R$ 150 mil. 

Em entrevista ao programa Cidade Alerta, da Record TV, ele disse que os assaltantes conseguiram hackear suas senhas e entrar na conta de seu banco por meio de aplicativo.

O modelo revelou que entrou em contato com a sua instituição financeira e trocou as senhas. No entanto, ainda assim não conseguiu evitar que o valor fosse desviado de sua conta.

"Eles chegaram com a bike, uns três ou quatro, e você fica parado. Nisso, veio um quinto, na diagonal. Então, acho que foi tudo arquitetado, porque não foi um assalto que perdi meu telefone. Em questão de minutos conseguiram hackear todas as minhas contas, começaram a fazer saques e isso me assustou muito. E está me assustando até hoje. Eu recebo emails até hoje de tentativas de mudanças de senha", contou ao programa.

Na noite da última segunda-feira (22), Lucas usou o Instagram Stories para comentar o caso novamente, e afirmou que está à disposição da polícia para descobrir quem são os assaltantes. 

"Estou recebendo diversas mensagens de vítimas que também passaram por isso, inclusive na mesma região. Infelizmente, se trata de uma quadrilha especializada nesse tipo de roubo. Estou à disposição da polícia para contribuir e fazer com que esses criminosos sejam parados e paguem pelos seus atos. Obrigado por todas as mensagens de apoio. Confio demais que Aquele que me protege não dorme e está cuidando de tudo", completou o modelo, que se exercitava na Av. Paulista quando o assalto ocorreu.