AnaMaria

Ludmilla bate recorde e se torna primeira cantora negra latina com 1 bilhão de streams

Ao compartilhar a notícia, a artista relembrou a carreira e falou sobre representatividade

Da Redação Publicado em 03/09/2020, às 10h17 - Atualizado às 10h18

Ludmilla quebrou um recorde da plataforma Spotify - Instagram/@ludmilla
Ludmilla quebrou um recorde da plataforma Spotify - Instagram/@ludmilla

Ludmilla está feliz da vida! Isso porque ela se tornou a primeira mulher negra latina a bater o recorde de 1 bilhão de streams em suas músicas na plataforma de áudio Spotify. A própria cantora contou a novidade em suas redes sociais, na última quarta-feira (2), e relembrou o início da carreira.

"Quando comecei a cantar, aos 15 anos, fazendo shows em cima de cadeiras — porque não tinha palco para me apresentar — jamais poderia imaginar que eu teria milhões de visualizações, muito menos que chegaria a um BILHÃO", escreveu na legenda da publicação de um vídeo compilado com algumas de suas músicas. 

Ludmilla não parou por aí e também falou sobre representatividade. "Pra uma mulher preta, que veio da Baixada, isso é muito. E saber que sou a primeira negra latina a fazer isso só me impulsiona e me lembra que, sim, somos possíveis e cada vez mais estamos sendo mais e mais possíveis."

A cantora ainda agradeceu pelo apoio e incentivo dos fãs, os quais chamou de "melhores do mundo". "Muito obrigada do fundo do meu coração, vocês me fizeram chegar até aqui e são vocês que me impulsionam a fazer cada dia mais e melhor."

Outros artistas e amigos da cantora aproveitaram para parabenizá-la pela conquista e deixaram diversos comentários em sua publicação. "Você mais que merece! Você é GIGANTE!", escreveu Thiaguinho. "Representa preta! Deus abençoe.. honra pode fazer parte disso", falou Leo Santana. "Braba", comentou Mumuzinho.