AnaMaria

Ludmilla e Lexa rebatem comentários racistas enviados para MC Rebecca na web

MC Rebecca se torna alvo de racismo na web e cantoras a defendem

Da Redação Publicado em 02/12/2019, às 16h19 - Atualizado às 16h20

Lexa e Ludmilla defendem MC Rebecca de racismo - Montagem: AgNews/ Instagram @mcrebecca/ Eduardo Martins / AgNews
Lexa e Ludmilla defendem MC Rebecca de racismo - Montagem: AgNews/ Instagram @mcrebecca/ Eduardo Martins / AgNews

A cantora MC Rebecca foi vítima de racismo, em suas redes sociais, após comemorar o feito de se tornar a primeira mulher negra brasileira a atingir o 'Top 100 Mundial', da plataforma de músicas 'Spotify'.

Ludmilla e Lexa não deixaram os comentários desrespeitosos dos internautas passarem em branco e fizeram questão de defender a colega. 

"As pessoas deveriam fazer uma reflexão, eu nasci na comunidade, Anitta e Rebecca também, Luisa do interior do Sul, vocês tem noção do que é levar funk e pop para as pessoas? Enfrentar preconceitos todos os dias? Somos mulheres vencedoras! Tenho orgulho de vocês amigas", escreveu Lexa em seu Twitter. 

Ludmilla também usou as redes para expressar sua indignação: "Estão fazendo com a Rebecca igual fizeram comigo quando comemorei o Rock in Rio, vai ter negro feliz com as suas conquistas sim senhor, doa a quem doer, comemora mais que tá pouco Rebecca”, declarou. 

RESPOSTA 

Depois dos ataques, MC Rebecca aproveitou para rebater todas as críticas que recebeu. 

"Sinceramente eu não entendo o brasileiro, estou representando o meu país, era o mínimo as pessoas serem solidárias aonde um país que tem muito preconceito e racismo, que eu consiga no meio disso tudo está no top 100 global, isso me deixa extremamente chateada", desabafou.

Pelo Twitter, fãs da funkeira demonstraram todo o seu carinho pela diva ao levantaram a hashtag ‘Estamos Com Você Rebecca’.