AnaMaria
Últimas Notícias / Homofobia

Maísa Silva defende LGBTs e discute com fãs de Bolsonaro: “Pelo respeito”

A atriz protestou à favor da criminalização da homofobia

Da Redação Publicado em 13/02/2019, às 17h57 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Jair Bolsonaro e Maísa Silva. - Reprodução/ Instagram
Jair Bolsonaro e Maísa Silva. - Reprodução/ Instagram

Maísa Silva usou seu Twitter para se posicionar sobre as ações que pedem a criminalização da LGBTfobia, que estão sendo julgadas pelo STF nesta quarta-feira (13). Na rede social, a atriz e cantora disse que apoia a comunidade LGBT.

“Por todas as vidas, pelo amor, pela tolerância, pelo respeito. Vamos fazer deste, um país de todos… Ninguém merece viver com medo de amar. É crime sim. Criminaliza STF!”, disse Maísa.

Na sequência, alguns fãs do presidente Jair Bolsonaro criticaram a atriz, e ameaçaram parar de segui-la. “Homofóbicos podem dar unfollow [parar de seguir], até agradeço. Esse biscoito eu não quero”, respondeu ela.

Além de Silva, muitos artistas usaram as redes sociais para apoiar a causa. Anitta, Kéfera, Pabllo Vittar, Ana Paula Renault, Gominho, Tatá Werneck e Júlia Rabello também se pronunciaram a favor da criminalização da LGBTfobia.