Marcelo Queiroga deseja colocar fim no uso obrigatório de máscaras até o fim do ano

O Ministro da Saúde reforçou a eficácia da vacinação em todo território brasileiro

Da Redação Publicado quinta 12 agosto, 2021

O Ministro da Saúde reforçou a eficácia da vacinação em todo território brasileiro
Marcelo Queiroga ao lado do presidente da república, Jair Bolsonaro - Instagram/@marceloqueiroga

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, na última quarta-feira (12), que o uso obrigatório de máscaras de proteção contra a covid-19 em todo território brasileiro será revogado até o fim do ano. 

A declaração foi feita durante a inauguração de uma unidade básica de saúde no Distrito Federal, em que ele garantiu que os grandes índices de vacinação no país permitem esse primeiro passo para o "novo normal".

"Até o fim do ano, toda população brasileira estará vacinada contra a covid-19. Poremos fim ao caráter pandêmico dessa doença, para tirar, de uma vez por todas, essas máscaras e desmascarar aquele que, mesmo que nunca usaram máscaras, precisam ser desmascarados", afirmou.

A decisão, no entanto, não agradou a todas autoridades políticas. Em São Paulo, o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus discordou de Queiroga e garantiu que esse ainda não é o momento para tal mudança - uma vez que a variante delta continua circulando e ameaçando grande parte dos brasileiros

"Não é o momento de se falar em dispensar o uso de máscara", pontuou.

Confira:

 

 

 

Último acesso: 07 Dec 2021 - 14:46:45 (1148728).