AnaMaria

Mário Frias insinua que Paulo Gustavo não morreu de covid-19

Em live, o secretário especial de Cultura, Mário Frias afirmou que Paulo Gustavo não morreu da covid-19

Da Redação Publicado em 15/02/2022, às 13h17

Paulo Gustavo faleceu no dia 4 de maio de 2021, vítima das consequências da covid-19 - Instagram/@paulogustavo31 / @mariofriasoficial
Paulo Gustavo faleceu no dia 4 de maio de 2021, vítima das consequências da covid-19 - Instagram/@paulogustavo31 / @mariofriasoficial

Paulo Gustavo faleceu no dia 4 de maio de 2021, vítima das consequências da covid-19. No entanto, Mário Frias, secretário especial de Cultura do governo Bolsonaro, fez uma declaração para lá de polêmica na noite da última segunda-feira (14). Acontece que, durante uma live, transmitida no canal do deputado federal Eduardo Bolsonaro, o ex-ator insinuou que o humorista não morreu por causa das consequências do coronavírus.

Segundo Frias, ele teria ouvido informações diretas de uma amiga do falecido humorista. O secretário especial de Cultura afirmou que a suposta amiga teria conversado com ele, por telefone, momentos antes de Paulo Gustavo falecer, no dia 4 de maio de 2021.

"Falei com essa amiga mais de uma hora no telefone, foi um telefonema bem emocionado, a gente estava ali consternado com a situação do Paulo e tal. E lá pelas tantas do telefonema, ela já chorando, falou: olha, o problema do Paulo já não é Covid há muito tempo", começou.

"Então, nesse telefonema que eu nunca abri para a imprensa, nunca abri para ninguém, ela disse com todas as letras que o caso, pouco antes do falecimento dele, que já não era Covid", reforçou o político.

Vale destacar que, de acordo com os últimos boletins médicos do estado de saúde de Paulo, a causa da morte do ator foi sim pela covid-19 e suas complicações.

Contudo, Mário, sem revelar o nome da tal amiga, continuou: "Então ela me contou que ele estava num processo já muito debilitado, ele estava respirando por aparelhos, naquela máquina que faz quase uma hemodiálise, que fica passando o sangue pelo organismo. A situação dele era muito grave. Palavras dela: já não é Covid há muito tempo."

MORTE DE PAULO GUSTAVO

O humorista Paulo Gustavo morreu na noite do dia 4 de maio de 2021, no Rio de Janeiro (RJ), vítima de complicações da Covid-19. Ele, que tinha 42 anos, vinha lutando contra a doença desde o dia 13 de março, quando foi internado para tratamento.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do ator. Em nota, a equipe médica lamentou a perda: “Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações. Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento".

Poucos horas antes, a assessoria do artista chegou a divulgar um boletim informando que o quadro de saúde do humorista era irreversível. “Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, informou a equipe de Paulo, na ocasião.