AnaMaria

Marisa Orth revela climão com Antonio Fagundes em bastidores: ''Deu trabalho''

Os dois contracenaram na novela ‘Rainha da Sucata’, em 1990

Da Redação Publicado em 21/05/2020, às 10h16 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Marisa Orth e Antonio Fagundes em 'Rainha da Sucata' - Globo
Marisa Orth e Antonio Fagundes em 'Rainha da Sucata' - Globo

Marisa Orth fez uma revelação sobre os bastidores da novela ‘Rainha da Sucata’ (1990), durante uma live com Jarbas Homem de Mello, na noite da última quarta-feira (20).

Na trama, ela viveu a divertida Nicinha, filha de Seu Moreiras, papel de Flávio Migliaccio.

“Ela era muito tarada. Eu lia o texto em casa ficava desesperada. Foi muito difícil para mim”, contou a atriz.

“Na trama, ele [Flávio Migliaccio] era pai solteiro, então éramos só nós dois... Ele acabou de ir agora e eu fiquei muito triste... Ele era muito generoso…”, lamentou.

Orth disse também que não teve uma relação muito boa com Antonio Fagundes. Na história, ele interpretou seu noivo.

“O Fagundes deu um trabalhinho no começo. Na época, ele fumava 50 maços de cigarro por dia. O Flávio Rangel, grande diretor de teatro, morreu de câncer no pulmão fulminante.. ele, então, falou chega, e parou. E aí, ele que já é uma pessoa que tem um bom humor proverbial, ficou o bicho. Mas, tudo bem, dobramos ele”, brincou.