AnaMaria
Últimas Notícias / Afastamento

Mauro Naves é afastado de cobertura esportiva após polêmica com Neymar

Repórter Mauro Naves deixará cobertura de esportes até que o caso de Neymar seja esclarecido

Da Redação Publicado em 06/06/2019, às 08h32 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Mauro Naves cedeu telefone do pai de Neymar para os advogados da moça que acusou o jogador de estupro - Reprodução/Instagram
Mauro Naves cedeu telefone do pai de Neymar para os advogados da moça que acusou o jogador de estupro - Reprodução/Instagram

A TV Globo anunciou que o repórter Mauro Naves ficará afastado das coberturas esportivas da emissora após ter se envolvido na polêmica que leva o nome de Neymar. A decisão foi anunciada por William Bonner, na edição do Jornal Nacional de quarta-feira (5). 

O afastamento do jornalista se deu porque ele encaminhou os contatos do pai do atleta ao advogado que defendia a mulher que acusou o jogador de estupro. 

"O Jornal Nacional publicou nesta terça-feira (4) a carta aberta à imprensa divulgada pelos ex-advogados da mulher que acusa o jogador Neymar de estupro. Eles afirmam na carta que a reunião que tiveram com os advogados de Neymar foi feita a convite do pai do jogador", iniciou William Bonner. 

"Nesta quarta-feira (5), em nota, o pai de Neymar desmentiu essa afirmação. Disse que foi o advogado José Edgar Cunha Bueno que o procurou, solicitando a reunião. E que José Edgar obteve contato dele por intermédio do repórter Mauro Naves, na quarta-feira da semana passada (29)", prosseguiu. 

"Em sua defesa, Mauro Naves explicou que se limitou a repassar os contatos do pai de Neymar ao advogado, a quem já conhecia, porque esperava obter a história com exclusividade. E que, quando o assunto se tornou público, avaliou que sua participação não teria relevância", afirmou o apresentador. 

William Bonner finalizou a declaração contando a decisão tomada pela emissora. "Mauro Naves é um profissional excelente, com grandes contribuições ao Jornalismo Esportivo da Globo. Mas há evidências de que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos."

ENTENDA O CASO

O jogador Neymar Jr. foi acusado de estupro, na última sexta-feira (31) por uma jovem. 

Em sua defesa, o craque divulgou as conversas íntimas que teve com a mulher, cujo nome foi mantido em sigilo, e falou sobre a relação que teve com ela. 

Na noite de quarta-feira (5), a moça, Najila Trindade, cedeu uma entrevista a Roberto Cabrini, em que falou sobre as acusações de estupro que fez ao atleta. 

A modelo revelou que o motivo seria a falta de preservativo. "Eu perguntei se ele trouxe preservativo e ele disse não. Então comentei que não aconteceria nada. Ele estava agressivo, bem diferente das mensagens. Ele começou a me bater e começou a me machucar. Pedi para ele parar e ele continuou. Ele me virou, cometeu o ato e continuou me batendo violentamente."

FORA DE JOGO

Neymar foi cortado pela seleção brasileira na madrugada desta quinta-feira (6). O jogador sofreu uma ruptura ligamentar no tornozelo direito durante o amistoso contra o Qatar, na noite de quarta, em Brasília (DF). 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o corte do atleta da lista da Copa América após ter conhecimento do resultado dos exames realizados na capital federal.

"Devido a gravidade da lesão, Neymar não terá condições físicas e tempo de recuperação suficiente para participar da Copa América Brasil 2019. A partir desta quinta-feira (06), a comissão técnica da Seleção Brasileira iniciará a definição de um substituto", disse a nota da CBF.