AnaMaria

MEC e INEP aprovam o adiamento do ENEM 2020

A avaliação ainda não teve a nova data divulgada oficialmente

Da Redação Publicado em 20/05/2020, às 15h53 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

INEP E MEC aprovam o adiamento do ENEM 2020 - Reprodução/Instagram
INEP E MEC aprovam o adiamento do ENEM 2020 - Reprodução/Instagram

O  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em conjunto ao Ministério da Educação (MEC) decidiu adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Originalmente, prova digital iria ser realizada nos dias 11 e 18 de outubro, sofreu uma primeira alteração e passou para as datas 22 e 29 de novembro, enquanto a versão impressa seria implementada nos dias 1º e 8 de novembro. 

Apesar de não divulgar a nova data das avaliações, o cronograma atual informa um adiamento de 30 a 60 dias em relação a data prevista nos editais anteriores. 

A decisão de adiar a prova ocorreu após o levantamento judicial do pedido de mudança nas datas no Congresso Nacional, na noite da última terça-feira (19). O pedido foi aprovado pelo Senado e passou para a Câmara dos Deputados, onde o texto também foi aceito.

Confira a declaração do INEP na íntegra: 

"NOTA OFICIAL | Adiamento do Enem 2020

Atento às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais.

Para tanto, o Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições para o exame seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio."