AnaMaria
Últimas Notícias / Superação

''Melhor coisa que já aconteceu'', diz participante do The Wall sobre acidente de trânsito

Diego Coelho ficou paraplégico e começou a namorar a atual esposa no mesmo dia

Da Redação Publicado em 03/03/2019, às 13h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Diego Coelho emocionou ao contar sua história ao lado da esposa Suzy, para Luciano Huck - Reprodução/TV Globo
Diego Coelho emocionou ao contar sua história ao lado da esposa Suzy, para Luciano Huck - Reprodução/TV Globo

O "The Wall" do Caldeirão do Huck foi marcado por fortes emoções na tarde do último sábado (3). Isso porque o participante, Diego Coelho, contou como o acidente de trânsito, que o deixou paraplégico, tornou-se o melhor dia de sua vida.  

Em um bate papo com Diego, Luciano Huck descobriu que o aniversário de cadeira de rodas do jogador é na mesma data que comemora o namoro com Suzy, sua esposa. 

ENTENDA

Tudo começou com um relacionamento à distância. Diego morava em São Paulo (SP) e Suzy em Brasília (DF). 

"Ela decidiu vir para São Paulo. Eu a pedi em namoro na madrugada do dia 29 para o dia 30/10. Ela aceitou namorar comigo. No dia seguinte, a gente foi para um almoço de aniversário da minha avó, eu fui fechado por um motoqueiro e bati a 40 km/h", explica o participante. 

Diego acordou no hospital no dia seguinte e estava bem. Sua namorada voltaria para casa, quando ele começou a passar mal. 

"Entrei em coma com 600 ml de sangue no pulmão esquerdo e 200 ml no direito. Precisava fazer uma cirurgia e estava morrendo afogado com meu sangue. Eu precisava colocar uma prótese cardíaca com 10% de chance de sobreviver", explicou ele. 

A surpresa então veio quando o jogador acordou após a cirurgia e o coma. "Suzy estava lá. O acidente é uma das melhores coisas que aconteceu na minha vida porque eu conheci essa mulher maravilhosa. Ela salvou minha vida várias vezes."

Emocionado com a história, Luciano parabenizou o casal. "Quem está ganhando hoje sou eu, é quem está aqui, quem está nos assistindo... O amor supera qualquer dificuldade e vocês são a prova disso. Você é um gigante!"

REPERCUSSÃO

A história de Diego emocionou a todos. Na web, ele recebeu diversos elogios. 

"Que exemplo, que superação", "Que história linda de amor, superação e amizade" e "Não existem barreiras para quem acredita no amor", foram alguns dos comentários. 

O número de seguidores do cadeirante no Instagram também aumentou. Em menos de 24 horas ele já ganhou mais de 70 mil usuários na rede social. 

Em entrevista ao GShow, Diego mostrou-se surpreso com a repercussão de sua história. "A repercussão foi muito boa, maior do que eu esperava. Fiquei surpreso com a proporção que tomou. Foi muita coisa em pouquíssimo tempo. Estou recebendo um monte de mensagens, de comentários nas fotos... Estou bem feliz com isso!"

Ele ainda deixou uma mensagem de força para o público. "Minha história é apenas para provar para as pessoas que é possível, que existe vida depois da cadeira de rodas, pra não se entregar que dá para fazer muita coisa: sair de casa, praticar atividade física, praticar esporte... Esporte melhora a qualidade de vida todos os dias, e como cadeirante muito mais."

Diego Coelho participou do The Wall ao lado do parceiro de crossfit, Lucas.