Michelle Bolsonaro emite nota oficial após críticas de parente: ''Oportunismo''

Após perder avó por Covid-19, Michelle Bolsonaro rebateu as críticas de parente

Da Redação Publicado quinta 13 agosto, 2020

Após perder avó por Covid-19, Michelle Bolsonaro rebateu as críticas de parente
Michelle Bolsonaro rebateu críticas de parente - Divulgação

A primeira-dama Michelle Bolsonaro acabou tendo seu nome envolvido em uma polêmica familiar. 

É que na última quarta-feira (12), a esposa do presidente Jair Bolsonaro foi criticada por um de seus primos, que a acusou de não fazer nada para ajudar a avó, Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos, que morreu após complicações por conta da Covid-19.

Indignada com a acusação, a primeira-dama emitiu uma nota em que rebate as declarações do familiar e afirma que o momento é de 'tristeza e dor'.

Veja na íntegra:

"A primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento da avó. Ela sente e afirma que é um momento de tristeza e dor para toda a família. A senhora Michelle Bolsonaro lamenta que alguns parentes tratem certos momentos tão pessoais com oportunismo em desrespeito ao sofrimento de todos.

A primeira-dama permanece recolhida em casa em tratamento contra o novo Coranavírus e espera que o momento de luto seja respeitado, acima de quaisquer questões pessoais e familiares."

LUTO

Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos, avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro, morreu na madrugada da última quarta-feira (12), em um Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal. Ela estava internada na UTI desde o dia 3 de julho após contrair Covid-19.

De acordo com o prontuário médico obtido pelo G1, Maria foi achada "por populares, na rua, caída" na região onde mora, em Ceilândia, no dia 1º de julho. A região é a que concentra o maior número de casos de coronavírus no DF, com 15.203 registros até a terça-feira (11).

A morte da familiar aconteceu um dia após Michelle informar, por meio das redes sociais, que está curada da Covid-19. Ela testou positivo após seu marido, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), também ser diagnosticado com a doença.
 

Último acesso: 16 Jan 2021 - 13:31:22 (1120155).