AnaMaria
Últimas Notícias / Religião

Mulher Melão diz que virou ''fruta abençoada'' após frequentar a Igreja Universal

A artista se converteu ao evangelho, mas disse que não abandonará o funk

Da Redação Publicado em 30/04/2019, às 16h02 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Renata Frisson. - Reprodução/ Instagram
Renata Frisson. - Reprodução/ Instagram

Famosa por seus hits de funk, Renata Frisson, a Mulher Melão, surpreendeu todos ao anunciar sua conversão ao evangelho. Ela, que é batizada na Igreja Universal, afirmou ao jornal Meia Hora, nesta terça-feira (30), que não irá abrir mão do funk mesmo frequentando a instituição.

“Por isso eu gosto da Universal, pois é um lugar onde não sou julgada. Eles sempre me receberam com muito carinho. É um lugar que me sinto bem. Sempre procuro ir ao culto, receber uma oração, pois isso me faz bem", disse ela durante a entrevista.

A dúvida sobre a religião da funkeira surgiu logo após uma publicação em que Renata aparece ao lado do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e do DJ Timotinho nas redes sociais. 

No caso, ela explicou que foi convidada pelo DJ a ir assistir um culto onde Crivella pregava. “Gostei muito. Lá, eu tive o prazer de conhecer o prefeito e a primeira-dama, Sylvia Jane, também. Foi muito legal”, afirmou.

Por fim, a musa brincou sobre o melão não ser uma fruta proibida. “Melão virou uma fruta abençoada”, destacou.