AnaMaria

''Não importa o tempo da gestação'', diz Milene Domingues sobre os abortos que sofreu

Jogadora falou sobre como lidou com a perda

Da Redação Publicado em 21/12/2018, às 11h35 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Milene Domingues fala sobre os dois abortos que sofreu - Reprodução/Instagram
Milene Domingues fala sobre os dois abortos que sofreu - Reprodução/Instagram

A jogadora Milene Domingues revelou que já sofreu dois abortos espontâneos e comentou sobre a importância de passar pelo luto. 

Em entrevista à revista "Crescer", Milene contou da perda que sofreu quando seu filho Ronald ainda era bebê e do aborto que teve há doze anos, quando morava na Espanha.

"Eu fiquei grávida 3 vezes. Logo depois do Ronald, fiquei grávida novamente, aí tive um aporto espontâneo. Fiquei bem triste, tinha acabado de ser mãe. Senti muito. Mas foi importante eu sentir essa dor pra ter esse luto dentro de mim. Para começar um novo ciclo!", revelou. 

Milene afirmou que no segundo caso, o feto não chegou a se formar. "Há 12 anos tive outro aborto espontâneo. Não importa o tempo da gestação, isso já entra dentro de você e te torna mãe."

Ela ainda ressaltou a importância do luto após a perda. "É importante que haja essa dor. Sentir realmente o que deve sentir."

DEPRESSÃO PÓS-PARTO

A jogadora contou que a gravidez de seu filho Ronald, fruto do relacionamento com Ronaldo, foi tranquila e o trabalho de parto normal durou 18 horas. 

Milene ainda disse que não teve tempo para ter depressão pós-parto, por causa da grave lesão que Ronaldo tinha sofrido no joelho. "Não podia cair, alguém tinha que ficar em pé."