AnaMaria

Nego do Borel lamenta morte de comediante em ação da PM no Rio de Janeiro

Nego do Borel lamenta morte de amigo em operação da PM: ''Hoje é guerra''

Da Redação Publicado em 05/12/2019, às 18h34 - Atualizado às 18h36

Humorista morre após operação do BOPE no Morro do Dendê - Reprodução
Humorista morre após operação do BOPE no Morro do Dendê - Reprodução

Nego do Borel usou suas redes sociais, nesta quinta-feira (5), para lamentar a morte do humorista Diego de Farias Pinto, o Bunitinho, durante uma ação da Polícia Militar no Morro do Dendê, no Rio de Janeiro (RJ), durante a madrugada.

O funkeiro, que tinha amizade com o comediante, publicou uma série de vídeos, no Instagram Stories, em que os dois aparecem se divertindo juntos.

"Bunitinho era um menino jovem, de quem todo mundo gostava, que o Brasil abraçou. Eu estive com ele algumas vezes, e é um menino super gente boa, de coração puro, família humilde. Chegava brincando. Estou muito triste", escreveu.

Ele ainda frisou sua preocupação a respeito da violência contra os jovens que vivem em comunidades.

"Hoje, nosso país está complicado. Você sai de casa e não sabe se vai voltar. Todos os jovens de comunidade ou não, tomem cuidado com a rua, que está muito perigosa. Hoje tem tiro em tudo quanto é canto. Hoje é guerra", alertou.

Bunitinho morreu após sair de um baile funk, durante uma operação do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Além dele, outras três vítimas morreram baleadas.