Ney Matogrosso relembra paixão por Cazuza: ''Senti o impacto''

''Nos beijamos e parecia que a luz do mundo tinha se apagado, só restando nós dois'', disse o cantor

Da Redação Publicado sábado 4 julho, 2020

''Nos beijamos e parecia que a luz do mundo tinha se apagado, só restando nós dois'', disse o cantor
O cantor conversou com Cissa Guimarães, no 'É de Casa' - Globo

No dia 7 de julho completa 30 anos da morte de Cazuza. Como forma de homenagear o cantor, Cissa Guimarães entrevistou Ney Matagrosso, exibido no programa 'É de Casa', da TV Globo. 

No bate-papo, o artista relembrou histórias que viveu ao lado de Cazuza. Entre elas, está a de quando ouviu pela primeira vez falar nele. Coincidentemente foi através da mãe do cantor, Lucinha Araújo

"Estava em uma loja e uma moça veio falar comigo. Disse que tinha um filho, cuja avó prendia o cabelo como o meu e o pedia para cantar, chamando-o de Meu Ney Matogrosso. Achei engraçado. Só fui conhecê-lo pessoalmente anos depois, quando ele já tinha 20 anos", contou.

O primeiro encontro dos dois foi na praia, e depois partiram para uma festa na casa de Ney. De acordo com o veterano, a atração a primeira vista foi inevitável. 

"Estava no quarto com uma amiga, que me disse que o Cazuza estava na minha casa. Pedi a ele que entrasse. Senti o impacto, em dez minutos eu já tava olhando para ele...", disse. 

"Cazuza me pediu um beijo, o que na época era muito usual, nos beijamos e parecia que a luz do mundo tinha se apagado, só restando nós dois. A paixão durou cerca de três meses, tivemos um entrevero, mas logo depois voltamos às boas", relembrou.

Último acesso: 05 Aug 2020 - 15:57:50 (1115708).