Olimpíadas de Tóquio: aos 13 anos, Rayssa Leal conquista medalha e entra pra história dos jogos

Conhecida como Fadinha, a menina ganhou prata no skate feminino

Da Redação Publicado segunda 26 julho, 2021

Conhecida como Fadinha, a menina ganhou prata no skate feminino
Rayssa Leal, de 13 anos, conquistou medalha de prata no skate - Wander Roberto/COB/Instagram/@timebrasil

Rayssa Leal é a menina que fez o país ficar acordado na madrugada desta segunda-feira (26). Aos 13 anos, a garota conquistou a medalha de prata no skate, nas Olimpíadas de Tóquio, e entrou para a história.

Isso porque a atleta se tornou a mais jovem medalhista olímpica da história do Brasil. Além disso, Fadinha, como é conhecida, é, também, a mais jovem brasileira a participar dos Jogos. 

Durante toda a competição, Rayssa se mostrou leve e confiante. Dançou, deu risada e apoiou as colegas de equipe Letícia Bufoni e Pâmela Rosa, que não conseguiram se classificar para a final. 

Com muito talento, a menina ficou com a segunda colocação, ao fazer 14,64 pontos. O ouro, por sua vez, ficou com a japonesa, também de 13 anos, Momiji Nishiya, que teve nota de 15,26. O terceiro lugar foi da japonesa Funa Nakayama, que fez 14,49 pontos. 

Logo após a disputa, Rayssa não segurou a emoção e caiu no choro. "Eu estou muito feliz porque eu pude representar todas as meninas: Pâmela e Letícia, que não chegaram na final, e todas as meninas do Brasil... Isa, Virgina e todas as meninas do skate. Poder realizar meu sonho de estar aqui, conquistando uma medalha é muito gratificante pra mim e pros meus pais", disse.
 
Bufoni, que ficou na torcida por Leal, também celebrou a conquista da menina com lágrimas nos olhos. "Que momento, caramba. Todo mundo já sabia que ela seria capaz de receber essa medalha, mas aí só aquando acontece. Ela representou o skate feminino muito bem e é muito emocionante fazer parte disso. Ser uma inspiração pra ela, como ela é para mim, é demais. Estava ali torcendo por ela, estava mais nervosa que quando eu mesma estava competindo", concluiu. 

A prata de Rayssa no skate é a terceira medalha do Brasil nos jogos olímpicos de Tóquio. Na madrugada de domingo (25), Kelvin Hoefler também conquistou a prata no skate. Além dele, Daniel Cargnin ganhou bronze no judô. 

DESTAQUES
Nos jogos olímpicos, o Brasil ainda se destacou no surfe, no vôlei de praia, no vôlei de quadra, no taekwondo, no badminton e na vela.

Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Susana Lima avançaram no surfe e vão às quartas de final. 

No vôlei de praia feminino, a dupla Ana Patrícia e Rebecca venceram as quenianas por 2 sets a 0. Já no vôlei de quadra feminino, o Brasil venceu a Coréia do Sul por 3 sets a 0. 

Milena Titoneli, do taekwondo, ganhou na repescagem e irá disputar o bronze na categoria 67kg. Na manhã desta segunda, ela enfrentará  Ruth Gbagbi, da Costa do Marfim. 

No badminton, Ygor Coelho venceu a segunda rodada da fase de grupos e se mantém na competição. Na vela, Robert Scheidt subiu para a 8ª posição na classe Laser da modalidade olímpica e também se mantém nos jogos.  

Último acesso: 25 Sep 2021 - 13:46:55 (1148060).