AnaMaria

Oscar 2020: Veja quem são os indicados ao prêmio de Melhor Ator Coadjuvante

Confira a lista de atores que concorrem na categoria de Melhor Ator Coadjuvante do Oscar 2020

Ana Caroline Mota e Juliana Ribeiro Publicado em 09/02/2020, às 13h30

Indicados ao prêmio de Melhor Ator Coadjuvante do Oscar 2020 - Divulgação
Indicados ao prêmio de Melhor Ator Coadjuvante do Oscar 2020 - Divulgação

O Oscar 2020 acontece neste domingo (9) e, com ele, todo mundo quer saber quem serão os grandes vencedores. 

Uma das categorias mais aguardadas é a de Melhor Ator Coadjuvante, isto é, quem foi o artista que se destacou ao interpretar um personagem secundário em algum longa-metragem.

A lista deste ano traz nomes consagrados de Hollywood com filmes que incluem adaptações dos quadrinhos, histórias inspiradas em fatos reais, além de dramas densos. 

Vai assistir a premiação e não sabe quem são os indicados? Não tem problema!

AnaMaria Digital te lembra quais os nomes escolhidos para concorrer ao prêmio. Quem será que leva a famosa estatueta para casa?
Faça suas apostas!

BRAD PITT EM 'ERA UMA VEZ EM... HOLLYWOOD'

O filme de Quentin Tarantino vem concorrendo a diversos prêmios como melhor filme. Contudo, não se pode negar que um dos grandes destaques é Pitt, que interpreta Cliff Booth na obra. 

Além da indicação na categoria de Melhor Ator Coadjuvante no Oscar, Pitt já levou para casa o Bafta, SAG Awards e o Globo de Ouro pelo papel, o que o torna um dos queridinhos a vencer a maior premiação do cinema mundial.  

Vale lembrar que, ao longo da carreira, o ex de Angelina Jolie foi indicado a diversos prêmios, como o Oscar de Melhor Ator (2009 e 2012), Globo de Ouro de Melhor Ator em Filme Dramático (1995, 2007, 2009 e 2012), seis BAFTA e dois Emmy de Melhor Telefilme, dentre outros. 

TOM HANKS EM ‘UM LINDO DIA NA VIZINHANÇA’

O ator, produtor e roteirista também está na corrida pelo Oscar. Dessa vez, Hanks concorre na categoria Melhor Ator Coadjuvante pela excelente atuação no filme, onde interpretou o personagem Fred Rogers.

Esta não é a primeira indicação de Hanks na premiação. Ele já possui duas estatuetas por 'Forrest Gump' e 'Filadélfia', filmes que também lhe renderam o Globo de Ouro de Melhor Ator, além de indicações por 'Náufrago', 'O Resgate do Soldado Ryan' e 'Quero Ser Grande'. 

AL PACINO EM ‘O IRLANDÊS’

Dirigido por Martin Scorsese, o filme da Netflix conta com um elenco de primeira grandeza, dentre eles o premiado Al Pacino, que concorre à estatueta de melhor Ator Coadjuvante  por interpretar Jimmy Hoffa.  

Conhecido especialmente pelos personagens Michael Corleone na trilogia 'O Poderoso Chefão' e Tony Montana em 'Scarface', o ator já ganhou diversas premiações, dentre elas o Oscar de Melhor Ator por sua atuação como Frank Slade em 'Perfume de Mulher'.

JOE PESCI EM ‘O IRLANDÊS’

Ele está de volta aos cinemas após nove anos longe das telonas. O ator entrou na disputa de Melhor Ator Coadjuvante pelo personagem Russel Bufalino. Pesci ficou conhecido pelo quarteto de filmes que co-estrelou com Robert De Niro, sob direção de Scorsese, 'Touro Indomável', 'Os Bons Companheiros', 'Cassino' e, agora, 'O Irlandês'. 

Pesci já foi nomeado para o Oscar de melhor ator coadjuvante anteriormente, por sua interpretação em 'Touro Indomável', e já venceu o mesmo prêmio por seu papel como Tommy DeVito em 'Bons Companheiros'. Vale lembrar que ele também é conhecido por atuar nos filmes 'Máquina Mortífera' e 'Esqueceram de Mim'. 

ANTHONY HOPKING EM ‘DOIS PAPAS’

Além de ‘História de um Casamento’ e ‘O Irlandês’, esta foi outra obra da Netflix que recebeu indicações ao Oscar. Dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles, o filme concorre em três categorias, dentre elas o de Ator Coadjuvante para Anthony Hopkins, que deu vida ao Papa Bento XVI.

Considerado como um dos maiores atores em atividade, ele já interpretou papéis marcantes no cinema, como o canibal de 'O Silêncio dos Inocentes', pelo qual venceu o Oscar de Melhor Ator em 1992.  Além do Oscar, Hopkins também foi premiado com três BAFTA, dois Emmy e um Prêmio Honorário Cecil B. DeMille.